12 de fev de 2014

Orphan Black


Grande parte das minhas reclamações aqui, no meu blog, no facebook e no twitter estão relacionadas a falta de tempo para ver todas séries que eu quero. É superfrustrante ver tanta coisa nova estreando e não conseguir acompanhar nem a metade. Infelizmente não trabalho como “crítica de séries”, confesso, esse seria o meu trabalho dos sonhos. O jeito é ir vendo aos poucos mesmo e ficando para trás com as novidade.
Mas tudo bem, um dia você chega naquela série MARAVILHOSA que tanto ouviu falar por meses! Então domingo passado foi dia de: ORPHAN BLACK!

O episódios são tão envolventes que eu assisti quase tudo no mesmo dia.
Sarah Manning é uma mulher cheia de problemas, que depois de meses longe da filhinha decide resolver sua vida e ir atrás da menina (Kira). Os problemas começam logo no caminho, ela presencia uma mulher idêntica a ela se jogando na frente de um trem.  Em uma jogada não muito experta, ela roupa a bolsa da “sósia” e decide ir ao apartamento dela ver o que consegue.

Em pouco tempo as coisas dão errado e Sarah se vê vivendo a vida de Beth

Gente, acontece TANTA coisa só no primeiro episódio que você às vezes precisa parar para digerir os babados.  Logo aparecem Cosima, Allison, Helena... e a gente descobre que Sarah e Beth não são apenas sósias. Não vou contar mais porque não quero estragar a surpresa. Assistam, em dois episódios vocês vão saber... (Ah, para quem quiser já está passando no Netflix.)

Gostei demais de Orphan Black e já estou super-aflita para a nova temporada começar. Ainda bem só conseguir ver agora, imagina ter que esperar desde o começo de 2013?? 


A Tatiana Maslany que interpreta a Sarah e as outras está espetacular! Ela consegue dar vida para cada uma dos personagens de formas tão diferentes, às vezes você até esquece que é a mesma atriz. É de deixar qualquer um de boca aberta. Muitos atores iriam adorar ter um papel desses, mas duvido que muitos desses conseguiriam lidar com ele. 

Fica a dica: apesar do sotaque inglês da Sarah e do irmão dela, Felix, a série se passa no Canadá. Achei melhor comentar, porque eu fico muito nervosa quando começo a ver uma série/filme sem saber onde fica aquilo. Nesse caso, minha dúvida surgiu porque pelo menos no início você só vê os dois conversando com sotaque britânico, mas os lugares não são NADA ingleses. Tudo moderno demais, das casas aos prédios. Várias coisas passaram na minha cabeça viajante, aquilo é uma cidade inglesa ultramoderna que eu nunca ouvi falar? Aquilo é na Nova Zelândia ou na Austrália e eu já não sei mais detectar sotaques? Hahahahaha *aquelas*

Pois bem, é no Canadá mesmo. Depois a gente descobre como eles foram parar lá.


Orphan Black teve apenas 10 episódios até agora, isso significa que dá para assistir tudo bem rápido. E vale cada minutinho hein? É de assistir e querer mais na hora.

xoxo

Nanda

5 comentários:

Franciene dos santos menardi disse...

Oii.. eu gostei muito sobre o que você escreveu dessa série.. poderia me passar o site que assistiu por favor? bjs

Mands disse...

Fascinante!! Eu já tinha ouvido falar nessa serie e algumas pessoas já tinham até comentado pra eu dar um jeito de assistir, mas eu estava sem tempo, aliás, eu estou sem tempo até de organizar o Orangotag. Quem dirá baixar novas series? MAS um detalhe importante, "já tem no netflix" HAHAHAHA vai ajudar bastante já que é nele que eu passo mais tempo na madrugada. Vamos ver o que essa Sarah está tramando pra nós. hahahaha bem legal o post, Nanda, só atiçando as curiosidades u_u

retratando disse...

Essa é uma série que já estava na minha lista, agora não resta outra saída do que sair.

Compartilho do sonho de ser crítica de séries e também falta tempo pra assistir tudo que eu gostaria.

Jéssica de Souza disse...

Amo Orphan Black, quando comecei a assistir a segunda temporada estava a duas semanas de começar, eu simplesmente engoli os 10 episodios que ja tinha e não parei mais.
A série é maravilhosa e esta entre as minhas favoritas (eu assisto só 43 séries >< ).
Tatizinha (virei intima da mulher, me invejem kkkkk) conquistou meu coração com cada personagem interpretado com maestria.
Não vejo a hora de começar a terceira. <3

Thamires Oliveira disse...

Comecei a assistir e to amando. Boa dica! ;)