26 de set de 2013

Design et cetera: As capas da Galera

Oi gente, tudo bem? Hoje vou compartilhar com vocês algumas das nossas capas adaptadas, compradas e 100% originais da Galera. Começando com uma série NOVA e maravilhosa que acabamos de lançar: MERLIN.
Para quem não sabe, a série é incrível e as ilustrações da capa também. São sete livros no total. De início, pensamos em comprar os direitos da imagem gringa, mas nem sempre vale a pena para a gente. Nesse caso, ficaria um pouco caro comprar um pacote com as sete capas estrangeiras então resolvemos encomendar para um ilustrador que presta serviços para a Galera, e aproveitar para valorizar os artistas brasileiros. Enfim, essa é a capa original:

E essa é a nossa versão

Eu sou suspeita para falar, claro, mas acabei preferindo a nossa versão! E vocês?
Outro exemplo de capa que desenvolvemos inteiramente por aqui é Duelo ao Luar. Esse é o terceiro volume da série Nightshade, da Andrea Cremer. Por algum motivo que não consigo entender, a editora americana resolveu mudar o projeto de capa deles e achou legal encerrar a trilogia com essa moça meio brega usando um casaco de pele com um lobo atrás. 

Sem comentários, né? A gente não ia fazer uma capa inspirada nessa versão (claro) então surgiu o dilema: qual seria o briefing da nossa capa? Bem, no primeiro livro da série a capa é branca e roxa com uns elementos de inverno. E no segundo volume ela é verde, meio primavera. Então para Duelo ao Luar resolvemos seguir em tons outonais e o resultado foi esse:
Quando a capa original não ajuda, o jeito é inventar tudo do zero. Mas quando a capa é linda de morrer, a gente vai em frente mesmo e compra os direitos. É o caso dos livros: Todo Dia, de David Levithan, Fator Nerd, de Andy Robb e Trono de Vidro (a versão inglesa), de Sarah Maas. (A versão americana de Trono de Vidro tem o rosto da personagem na capa, e sabemos o quanto vocês - e nós, odiamos isso, hehe, então optamos pela inglesa)
                                    

                                   
                                  

       

Lindas essas adaptações, não é mesmo? E o melhor é que não só a capa é linda mas os livros são muito legais também, como sempre :) é isso, gente. Um beijo e até a próxima! 





3 comentários:

Mye-chan disse...

Acho tão legal esses posts sobre a escolha e adaptação das capas, e uma das coisas que eu mais gosto nessa editora (e no grupo editorial em geral) é o quanto vocês valorizam a escolha de uma bela capa. Algumas editoras parecem acreditar que a capa não tem um peso importante para o leitor, que, sim, é interessado mais no conteúdo, mas acho essa linha de pensamento totalmente equivocada. Eu amo capas bonitas, e isso influencia sim na minha decisão de compra. Se um livro que estou levemente curiosa pra ler tiver uma capa bonita, tenho mais propensão a comprar esse livro. E se um livro que quero muito ler tiver uma capa nacional horrível e uma capa americana bonita, vou acabar comprando a versão americana, mesmo que acabe pagando mais caro por ele. Ainda bem que eu não tenho esse problema com a Galera Record. ♥

Poder dos Livros disse...

Ai que lindo. Adorei as capas, principalmente a de Duelo ao Luar. Eu até que tinha gostado da capa original, mas também adorei a nova. Quando o livro será lançado? To super ansiosa!
Parabéns, adoro essa editora, uma das melhores, EVER!

Luiza disse...

Tenho um problema com a maior parte das capas gringas, sempre acho uma bagunça visual! Não sei dizer se elas são realmente piores, minha opinião pessoal. Claro, existem capas lindas, mas em geral prefiro as brasileiras mesmo, que costumam ser mais suaves e sutis :)
*a pior moda estrangeira pra mim e que está pegando aqui é o tal do rosto na capa. Não consigo gostar. Mas se o livro for bom, vá lá