28 de fev de 2013

Pré-estreia de Dezesseis Luas


Quem nunca passou horas lendo, mergulhado no mundo da história do livro? Imaginou um grande amor e esperou que ele aparecesse? Quis largar tudo pra morar em um lugar diferente de qualquer coisa que conheceu? Agora, quem tem coragem para tomar uma decisão e enfrentar a realidade da escolha?


Em Dezesseis Luas, filme homônimo do primeiro volume da série amada da Galera, Beautiful Creatures, finalmente conhecemos na telinha Ethan Wate e Lena Duchannes. (Sim, loucas como estávamos para assistir ao longa, é claro que fomos à pré-estreia! E nós A-M-A-M-O-S!!!) É Ethan o narrador da história, e quem dá conta de todos esses questionamentos, agindo com uma segurança indiscutível. Porque o que você vai encontrar é um pouco de tudo. Amor. Poder. Magia. Autocontrole. Conhecimento. Destino.

Ethan é o garoto que devora livros (escondido dos caras do basquete), tem insônia e vive sonhando com a mesma menina, que nem conhece, nunca viu, mas que ama loucamente. Ele é aquele cara questionador, cansado do pensamento provinciano e preconceituoso de Gatlin. Quer mesmo é mudar de ares! Sair de lá! E é Lena quem dá um novo fôlego ao rapaz quando chega na cidade para estudar na mesma turma que ele.




Opa. Ela é a sobrinha do cara mais odiado-barra-temido da região, que mora na “casa mal-assombrada”, e, por isso, repudiada pelos colegas. Mas, mesmo assim, tira suspiros de Ethan. O encantamento pela garota é tal que logo o casal está junto, independente dos olhares tortos das minhocas da terra. Óbvio que não demora para ele saber que é Lena “a garota dos sonhos". Ela é ríspida, grossa, blasé, mas também sensível, meiga e poderosa! Ele é engraçado, expressivo, foooofo de doer, apaixonado por ela e companheiro (grande “Ohm” pra ele!!). Os dois são carismáticos até não poder mais! E, olha, esse casal de protagonistas tem química, e muita! São beijos acalorados, trocas de olhares sinceros e abraços apertados, dignos dos amores intensos.

Mas nada é perfeito! A namorada é de uma família peculiar, de Conjuradores, e está amarrada a uma maldição, né? A tattoo na mão de Lena registra a contagem regressiva até a noite de lua cheia do seu aniversário de 16 anos, o dia da Invocação, quando ela irá para a Luz ou para as Trevas. Fora isso, há um segredo que pode abalar o amor dos dois (sem spoilers para quem ainda não sabe o que acontece!). Em momento algum você duvida deste amor, sobretudo do dele. Aliás, você se apaixona pelos pombinhos vividos pelos atores Alden Ehrenreich e Alice Englert! Até as brigas entre os dois convencem o espectador! E nem precisamos dizer que Jeremy Irons, Viola Davis e Emma Thompson abrilhantam o filme com suas atuações!

Resultado: cinema cheio, muitas gargalhadas, lágrimas escorridas, um coro de “Ohmm” e uma salva de palmas da plateia no fim do filme de mais de duas horas, que não cansa. Pelo contrário, por aqui, estamos ansiosas pela continuação.




E você, está louco para ver o filme? Já leu Dezesseis Luas?
Não deixe de ler Dezessete Luas e não perca o mais novo livro: Dezoito Luas.

Um beijo,
Equipe Galera Record

3 comentários:

Anônimo disse...

Já li o Dezesseis e o Dezessete Luas. Anseio a estreia de amanha nas telonas do Brasil. Aproveitarei, é claro, para buscar o Dezoito Luas, sem demora... História incrível! Vale a pena conferir!

Elviis disse...

Eu assisti uma semana depois da estréia, gostei muito do filme, mais prefiro o livro, estou terminando de ler dezessete luas ! '-'
Eu li dezesseis logo depois que assisti ao filme ! e logo, logo vou comprar dezoito !

Ingrid Pontes disse...

Lancem o 19 luas urgenteeee!!!!