4 de dez de 2013

Nanda aprova: Emma Approved


Que título exibido hein? Hahahaha quem sou eu para aprovar ou não alguma coisa, bem que eu queria ter essa moral toda. Mas deixando o trocadilho de lado, Emma Approved recebeu o selo Nanda de qualidade em séries/webseries/filmes!

Emma Approved é uma webserie baseada no clássico Emma, da Jane Austen. Ela é dos criadores de The Lizzie Bennett Diaries e segue o mesmo formato da série queridinha e premiada (ganhar um Emmy é para poucos, né?!).

Sou bem suspeita para falar porque sou #fanzoca de As Patricinhas de Bervelly Hills  Emma! Ainda não parei para pensar nisso, mas acho que gosto até mais do que Orgulho e Preconceito (#fanzoca também!). A Emma é uma personagem superanimada, e que — mesmo às vezes não parecendo — se preocupa muito com os outros, mesmo no aspecto mais “matrimonial” da coisa toda. Uma fofa! Eu sei muito bem que ela não é das personagens preferidas da Jane Austen, já vi gente chamando de fútil e bobagens assim. Mas poxa, respeitar — e celebrar! — a personalidade alheia é bom viu?


Nossa Emma “moderna” é meio que uma lifestyle coach, dizer casamenteira acaba com o glamour do negócio não é mesmo? E sim, é um negócio. Emma Woodhouse tem sua própria empresa (financiada pelo pai, por que não?!) onde os clientes encontram suas almas gêmeas, se casam e vivem felizes para sempre.

Bom, quem conhece a história do livro, sabe que a Emma da Jane é isso aí mesmo. Faz o impossível para poder juntar casais que segundo ela “nasceram um para o outro”.

Eu costumo curtir essas adaptações modernas baseadas em obras antigas. Sou apaixonada por O Cravo e a Rosa, 10 Things I Hate About que vieram de A Megera Domada do Shakespeare. Bridget Jones, From Prada to Nada (até isso!), e outras cositas más.

Então fica a dica, assistam Emma Approved! Os episódios de 5 minutinhos cada são colocados no ar nas segundas e quintas no canal da Pemberly Digital no YouTube (aquela mesma de The Lizzie Bennett Diaries.)

E se mesmo assim eu não conseguir te convencer, assistam a série para matar a saudades da Cher de As Patricinhas de Bervelly Hills. Sim, ela também é uma Emma versão moderna (1996).

A Cher também aprova

Xoxo

Nanda

Nenhum comentário: