28 de jun de 2013

Papos de sexta: Eu prefiro com trilha sonora

Eu já pensei em escrever sobre isso no Papos de Sexta, mas na maioria das vezes eu não sabia muito bem o que falar. Procurava outro assunto e deixava esse mais uma vez de lado. Mas chegou a hora de falar de uma das coisa que eu mais gosto: música!

Eu sou adepta da música para a maioria das atividades solitárias. Neste momento, por exemplo, estou ouvindo algumas batidas bem altas. Não tem letra para me confundir e me deixa completamente concentrada enquanto escrevo. Nada de me distrair com o som da novela que a minha mãe está vendo na sala. Além disso, por senso comum, se você não quer ser interrompido, coloque o fone de ouvido.



Ok, senso comum que não funciona, principalmente para aquelas pessoas que não têm o hábito de ouvir música com fone de ouvido. Devo dizer que nesses casos, fone de ouvido é a carta branca para as pessoas que querem conversar. É como abrir um livro! Imagina combinar livro e fone de ouvido? Você vai ser praticamente a pessoa mais propensa a ser interrompida por aquela pessoa ociosa na fila do banco. Acontece isso em todas as vezes! Mas enfim...

Assim como eu tenho mania de combinar um livro com o clima, também tenho o hábito de combinar a música com a história que estou lendo. Lembro que quando eu lia os últimos livros de Harry Potter eu fazia questão de ler com a trilha sonora dos filmes. Quando eu leio livros de verão, faço questão de colocar músicas com voz e violão - elas me transportam para uma praia imediatamente. Os livros mais tristes acabam com músicas igualmente tristes. Se for para chorar, que toda a atmosfera combine em sinergia, não é? Hahahaha.

Quando os autores preparam uma trilha sonora para o livro, eu faço questão de ouvir junto! Se os próprios autores recomendam, é porque as músicas completam as palavras. Já imaginaram que com os livros digitais nós poderíamos ter uma trilha sonora para cada capítulo? Algo selecionado especialmente para aquele momento? Ficaria perfeito! 

Muitas pessoas me perguntam se não me atrapalha escutar música enquanto leio. Hm, não? Na verdade o que me atrapalha são barulhos externos, que não seguem a melodia da música. Ao encontrar uma melodia meu cérebro automaticamente percebe que é trilha sonora, como um filme. Então ele se concentra em outra tarefa e simplesmente me deixa sentir a música enquanto leio. A música é a minha saída para ler em lugares com muito barulho como ônibus, banco, universidade ou até mesmo em casa com todo mundo falando. Infelizmente se eu fosse depender do silêncio, teria pouquíssimo tempo pra ler. E para mim, o silêncio acaba sendo ainda mais barulhento e triste. Ok, ele combina com alguns livros de certa forma, mas são raros.


Agora é a vez de vocês. O que vocês escutam enquanto estão lendo? Preferem o silêncio ou não se importam com barulhos externos? Alguma música é marcante por combinar perfeitamente com algum livro?

10 comentários:

Débora disse...

Geralmente não tenho o hábito de ler ouvindo música, apesar de já ter feito algumas vezes. Quando fiz isso, deixei minha lista de música aleatória e realmente não combinou muito.
Entretanto, a ideia de existir livros com indicação de trilha sonora pelo autor, me atrai muito!
Por isso, peço sugestões de livros assim!
Achei o texto interessantíssimo e vou levar sua dica em consideração! :)
Beijos!

Victoria Eliza disse...

Ameei, eu só leio ouvindo musica, Li também Harry Potter com as musica do filme e ficou Perfeito! e não incomoda nadinha... é ate melhor! *-*

Frini Georgakopoulos disse...

Para ler, só o silêncio, mas não me importo com barulhos externos. Música - só instrumental - eu gosto para escrever. Mas para inspirar, tem que ser aquela música incrível, com letra que parece ter sido escrita só pra gente, sabe?
Adorei a coluna, Pam! Vem logo pro Rio! :)
beijos

elainnegama disse...

Nunca tentei ler e ouvir música ao mesmo tempo. Vou tentar. Valeu a dica.

Ana Luiza Silva disse...

Descobri que podia misturar música e leitura quando estava lendo O Símbolo Perdido, do Dan Brown. Misturei com a trilha sonora do Príncipe do Egito (pode não ter sentido, mas deu certo!) e foi perfeito <3
Concordo quando você diz que depende do clima do livro, porque é mesmo! Lembro que li Êxtase (saga Fallen) e na reta final eu estava ouvindo cada instrumental perfeito que terminei o livro chorando. E olha que nem choro lendo livro! rs

Katrine Carvalho disse...

Nossa, admiro msm essa sua habilidade de ler ouvindo musica, no meu caso o cenário perfeito é o silencio, qualquer barulho, seja ele uma musica ou alguém falando rouba minha concentração!

Aline T.K.M. disse...

Post interessante! Gosto muito de ouvir música em variados momentos, enquanto trabalho e tal, mas para ler eu prefiro o silêncio, ou então uma música ambiente (quando estou em um café, mas aí não tenho escolha). Costumo me distrair com certa facilidade, então para mim nunca deu certo, por exemplo, estudar com música. Agora no trabalho até que funciona, apesar de ter aqueles dias em que o silêncio me é indispensável.

Bjo!
Livro Lab

Aline Stahler disse...

Pois é...amei saber que não sou a única que gosta de combinar tudo com musica! Mas como leio muito à noite, fica difícil escutar musica, pois meu marido me expulsaria da cama, já me deu um tablet pra eliminar a luminária do quarto hahaha. E amei tua ideia da musicas nos livros digitais, eu apoio, vamos fazer campanha!!!Bjs!

Cantinho das Cestas disse...

Amei saber que não sou a única que gosta de trilha sonora pra tudo. Mas como leio muito à noite, não posso escutar musica, pois meu marido me poria pra fora da cama, ele já me deu um tablet pra eliminar a luminária do quarto hehehe. E gostei muito da tua ideia de musica nos livros digitais, seria muito legal, vamos levantar essa bandeira, eu apoio!Bjs!

Tita Mirra disse...

Nossa, só consigo ler em silêncio ou ouvindo música instrumental. Caso contrário, acabo misturando a letra da música com o texto do livro! Se alguém tiver falando do meu lado tb embaralha minha cabeça! rs

DDA é fogo :)

Bjs!