19 de set de 2014

Papos de sexta: Trato é trato

Cuidado com o que você deseja. Eu ainda escuto minha mãe dizer cada vez que sopro as velinhas do meu aniversário, sua voz um contraponto ao diabinho que me promete milhões de coisas.  O que o diabinho não diz é que tudo tem um preço.

Eu tento dar ouvidos à minha mãe, mesmo ela não estando mais presente — não da maneira como eu gostaria —, mas o diabinho é persistente. Esse ser minúsculo mas de tamanha influência, que fica apenas esperando o melhor momento para a barganha.

No último ano, bastou eu pedir para ele realizar. O resultado foi uma satisfação imensa e um esgotamento da mesma dimensão.

Eu devo admitir que o diabinho não é de todo mal. É ele quem me desafia, me faz sonhar alto e correr riscos. E ele sempre cumpre com a sua parte do trato, apenas com o intuito de me cobrar depois — e como ele se diverte com essa cobrança! Aposto que os dias que antecedem o aniversário ganham o nome de inferno astral em sua homenagem.

Quando o meu dia chegou novamente, eu tentei agradecer mais e pedir apenas o essencial — saúde, paz, amor, livros, essas coisas. Eu agradeci por todas as conquistas e mesmo pelas derrotas, pois sei que foram importantes para o meu crescimento.

Mas o diabinho é esperto. Ele sabe como eu me sinto quando alguém elogia os meus textos e o quanto sou grata pelo carinho dos leitores desse blog. E sabe também que minha mãe orgulha-se de mim.

Quando me dei conta, eu estava barganhando novamente, me comprometendo a escrever mais e mais, enquanto alguém estiver disposto a ler.

Que eu possa cumprir com a minha parte do trato nos próximos anos, e que vocês continuem ajudando o diabinho a cumprir com a parte dele ;)

3 comentários:

Louise Facina disse...

Você escreve bem e não precisa de ninguém pra te dizer isso.

E não quero barganha com diabinho nenhum.

E sempre vai ter alguém pra ler, por isso: continue a nadar (ou escrever no caso).

Beijos.

Frini Georgakopoulos disse...

"E sabe também que minha mãe orgulha-se de mim."

MUITO! E eu também! Você escreve bem, com argumentos sólidos, humor, propriedade e alma. Conteúdo não é postar sempre, mas TER conteúdo. E você tem. :)

E viva o "diabinho"!
Muitos beijos, parabatai!

Tita Mirra disse...

Oin, suas lindas! Esse diabinho não me deixa em paz, ainda bem! rs

Adoro vcs duas, mas isso não é novidade :D

Bjs e saudades docês!