4 de set de 2014

Design et cetera: Capas bregas: uma viagem no tempo

A parte boa de ser uma editora de mais de 70 anos com mais de 8 mil livros no catálogo é que a gente pode sempre zoar nossas capas antigas. Porque vamos combinar, nem tudo é glamour, e todo mundo era brega nos anos 1970-1980.
Para o post de hoje, resolvi desenterrar nossos momentos mais bregas e saudosos para dividir com vocês.
Vamos começar pela capa vintage de O Iluminado, estrelando nossa diva, Flávia.


Essa capa é famosa, gente. Saiu num artigo do Publisher’s Weekly ano passado como A PIOR CAPA DO MUNDO. http://bit.ly/1oIQydc
Recomendo a todos que leiam o artigo pois é hilário. Ele levanta questões importantes como: Por que escolhemos essa moça tão blasé para a capa de um dos livros mais aterrorizantes de toda a história? E por que o rosto dela está repetido em uma versão menor, com a logo na bochecha? Seria isso proposital?
Dificilmente uma capa consegue se equiparar em termos de breguice, mas encontrei outras que provam de uma vez por todas que a única coisa mais brega do que um casal se pegando em uma capa de livro, é um casal dos anos 1980 se pegando em uma capa de livro!


Em uma sedutora mistura de saliva, sensualidade, laquê e topetes, essas belas capas do clássico O Machão ganham o nosso célebre 2º lugar no Hall da Fama Brega. É muita história, muita classe.
Mas em termos de estética, acho que nada é tão sensacional quanto a capa de Os doze mandamentos, do nosso célebre e imortal Sidney Sheldon:


Reparem nesse layout, minha gente. Um homem maligno (representado pela expressão das sobrancelhas) pinga algo que se assemelha a um colírio de lentes de contato em uma xícara de café. Por si só, isso já me deixa curiosa a respeito do livro. Agora reparem que existe um casal rosa em miniatura, localizado no ombro direito do nosso suspeito.
Isso já está ficando muito estranho, e não sou só eu que acho: a piriguete morena, localizada atrás do nosso suspeito, também parece desconfiada (além de seminua). Mas ela não sabe da pior parte! Um integrante do grupo Blue Men está por trás dessa história de intrigas, e por trás também de uma cortina de fumaça! Quão sensacional é isso? Quantos elementos existem nessa capa?
1) café com colírio
2) suspeito
3) minicasal rosa
4) piriguete morena
5) integrante blue men
6) cortina de fumaça
Sério.
Mais surreal que isso só aquele episódio de LOST em que o Desmond segura uma capa antiga de Ardil 22. DA RECORD!



Qual outra editora pode tirar essa onda, meu povo?

9 comentários:

Mariana Mortani - Magia Literária disse...

"encontrei outras que provam de uma vez por todas que a única coisa mais brega do que um casal se pegando em uma capa de livro, é um casal dos anos 1980 se pegando em uma capa de livro!" hahahahahaha
Adorei o post, Rafa!!

Aline T.K.M. disse...

Noooooooossa.... Não, de novo: noooossaaaa...... Essa capa de O Iluminado ganha na cafonice - gente, o que é isso?!?! Hahaha. Já começa com o fato de ter rosto na capa (coisa que detesto).

Beijos, Livro Lab

Jairo Canova disse...

tem essa capa de Intrusos, da mesma coleção de O Iluminado:
http://navarcomaia.files.wordpress.com/2007/09/dean-koontz-intrusos-2.jpg

q também não faz sentido a capa com o enredo.

Tita Mirra disse...

Eu estava aguardando esse texto ansiosamente, Rafa! rs Nunca esquecerei de Flávia e Little Flávia ;)

Alessandra Tapias disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Morri com essa terceira!!!!!

E vocês podem mesmo tirar onda até das capas de vocês!!!

Bjks



Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Mario dos santos disse...

Não concordo, eu gostava muito das capas dessa época. Da editora em questão e de outras. Bem melhor que capas confusas, poluídas visualmente pretendendo ser inteligentes, mas na verdade eram feias e não diziam nada.

Mari Pacheco disse...

Vish!! Nunca mais falo que tenho uma capa feia, as minhas são no máximo "antipáticas"... HAHAHAHA
Eu entendi o foco nas bochechas da primeira capa: é pra mostrar a beleza da modelo sem o cabelo capacete.
Prêmio de pior capa merecido! Hahaha.
#recordaréviver

Livros & Nerds

Camila Monteiro disse...

Hahahaha o melhor post que li esse ano! Sério, vou reler quando estiver triste. Parabéns pelo sebso de humor incrível.

Mario dos santos disse...

Já que vocês abominam tanto essas capas e criticam, que tal dar exemplos de capas boas e postar fotos, se for possível