13 de mar de 2014

Design et cetera: Capas da Meg Cabot

Oi galera, tudo bem? No post de hoje vamos homenagear uma das autoras mais divas da casa, a incrível Meg Cabot. Autora de vários sucessos YA e middle-grade, ela já escreveu diversas séries e conta com uma legião de fãs pelo mundo inteiro. A Galera publica os livros dela aqui no Brasil e desenvolvemos todo um projeto gráfico especial para cada uma das séries.

A primeira sobre o qual quero falar é A Mediadora. As capas gringas têm esse visual mais computer art, vetorial, que estavam muito em voga no começo dos anos 2000. Não desgosto dessa estética, mas confesso que o fato da ilustração mostrar uma mulher sem face me deixa um pouco incomodada:

Algumas coisas sobre design são subjetivas, mas em geral, eu acho que essas capas acima não parecem ser de uma autora tão prestigiada quanto a Meg. Só porque os livros são para o público jovem, não significa que as capas tem que ser bobas, né? Na hora de desenvolvermos a nossa versão, tentamos transmitir um visual um pouco mais sofisticado para as capas, algo condizente com o sucesso da autora e acho que usar a fotografia, nesse caso, deu um ótimo resultado <3>

Concordam?

Outro exemplo é a série Desaparecidos. Mais uma vez, as capas originais apresentam essa estética vetorial.


Tem um quê de mangá e apesar de serem até detalhadas, na minha opinião, não transmitem o peso e sofisticação que a Meg merece. Além isso, apesar de retratarem a mesma menina, acho que faltou um pouco de unidade e padronização, tão fundamentais se tratando de uma série. Por isso, aqui vai nossa versão:

Mais uma vez, optamos pela fotografia em vez da ilustração e mantivemos uma unidade nas cores.



Mas nem sempre a fotografia é a solução. No caso da série As aventuras de Heather Wells, fizemos o caminho inverso. As capas originais eram fotográficas, mas o nosso projeto usou ilustrações

Mas assim como acontece em outros casos, quando a capa original é bonita, nós não temos problema em comprar a arte. E foi o que fizemos na série Cabeça de vento:




Afinal, cada caso é um caso e sempre pensamos no que vai funcionar melhor para o livro, série e autor em questão.

<3>

6 comentários:

Leonara Souza disse...

As brasileiras são as mais bonitas. Parabéns!!
:)

Vanessa disse...

Acho lindas as capas nacionais dos livros da Meg, mas eu adorava as capas antigas de A Mediadora! :)

Bruna Estefani Libano Alves disse...

A Mediadora é um livro muito legal e realmente as capas brasileiras ficaram melhores em todas as versões...

sara sem h disse...

Com certeza, as brasileiras são bem mais bonitas :33

Gabriela Bastos disse...

Parabéns,as capas brasileiras são maravilhosas

Fotografando disse...

Eu tambem amava as capas antigas, e espero que o novo livro venha com a mesma capa, ou pelo menos nas duas versões.
Sou uma louca das capas e me incomoda demais ter capas diferentes da mesma coleçao kkk