1 de jun de 2015

Tons da Galera: Cannes

Maio foi o mês do charmoso Festival de Cannes, que esse ano perdeu parte do encanto por causa de uma polêmica totalmente desnecessária. Parece que a organização do festival não anda muito atualizada e proibiu algumas mulheres de andar no tapete vermelho sem salto alto! Foi o bastante para o bafafá ser armado. Atrizes como Emily Blunt saíram em defesa dos flats, o Twitter e o mundo engrossaram o coro, e Thierry Frémaux, delegado geral do evento, pediu desculpas. Um mico, ou, no caso, faux pas.


As Elsas: Izabel, Naomi e Sienna entre as muitas que optaram pela paleta gelada. 

Quanto aos looks, em sua maioria foram corretos e glamorosos. Sienna Miller, uma das juradas, como sempre acertou com jovialidade dentro e fora dos eventos. Diane Kruger também acertou em cheio, e ao lado de Charlize Theron e Naomi Watts, as duas também sempre au concours, parece ter reforçado que Cannes 2015 foi das loiras elegantes e meio geladas, no melhor sentido Grace Kelly. Ou Elsa. Não sei se sou eu, mas parece que a paleta de cores de Frozen influenciou, e muito, as escolhas. Tons que se repetiram exaustivamente foram o gelo e o azul-claro, e nas coloridas (ou seriam Annas?), o amarelo e tons de magenta.


As Annas: Salma Hayek e Kendal Jenner de roxo e Charlize e Izabel de amarelo. 

Mais frescor veio por conta da já onipresente (mas não tanto quanto a irmã mais velha Kim) Kendal Jenner, voltando ao azul bem claro, num vestidinho do tom que também vestiu Diane Kruger e  que dá um novo significado para a sigla lbd: little blue dress. Com ar sessentinha.


O novo lbd, ou little blue dress em Kendal Jenner, Léa Seydoux e Diane Kruger. 

No tom Frozen que parece nunca se esgotar (não que estejamos reclamando), esperamos que o festival ano que vem adote o lema Let it Go e deixe as moçoilas usarem o sapato que bem entenderem.





Nenhum comentário: