13 de mar de 2015

Papos de sexta: Maria vai com as letras


Tenho pensado no quanto sou influenciada pelos livros. Fiquei viciada em slam poetry, assistindo vários vídeos no YouTube, depois de Métrica. Quis praticar roller derbymas tive que me contentar em patinar na cicloviapor causa de Derby Girl. E ainda penso em ter aulas de defesa pessoal, motivada pelos acontecimentos de Easy.

Ando cobiçando os carros dos personagens os donos dos carros também! rs de Os Garotos Corvos e estou obcecada por tarô desde que li os livros, ao ponto de trocar mensagens com a autora e surtar ao descobrir que temos o mesmo baralho!

E melhor nem comentar a fase em que acreditei ser uma vampira eu era criança e meus caninos cresceram antes da hora, tá? Ou quando fantasiei que era uma Caçadora de Sombras e já estava bem crescidinha ;)

Não vejo isso como falta de personalidade; está mais para curiosidade inata, imaginação fértil e vontade de aprender coisas novas. Mas se isso faz de mim uma Maria vai com as letras, tudo bem.


Mudar faz parte da vida, e eu me transformo a cada página virada. E vocês, também são influenciados pelos livros? 

2 comentários:

Mari disse...

Nossa, me identifiquei muito! hahaha
Maria Vai Com As Letras Way Of LIfe ;)

Frini Georgakopoulos disse...

Tita, se é para sermos Maria, que seja a que vai com as Letras! Adorei a coluna, Tita! Estou contigo: sempre um pouco das páginas transborda para a minha vida e isso é uma delícia!
beijão!