3 de out de 2014

Papos de Sexta: Filosofia virtual


Esse é o meu último post antes de fazer aniversário esse ano e esse ano será um aniversário bem diferente. Pensei em um post bacana para fazer, um que falasse de passado, presente e futuro, mas senti que ainda não estava preparada para escrevê-lo. Então tive outra ideia: filosofia virtual!

Tenho uma conta no Pinterest e volta e meia me perco por lá (é um vício!). Um dos meus quadros chama “Agree”, que traduzindo do inglês fica “Concordo”. Posto por lá citações e frases que gosto e - como o nome diz - com as quais concordo. E me peguei pensando e refletindo muito sobre algumas delas este ano. Escolhi algumas para compartilhar com vocês.
  • “A única coisa que você tem e ninguém mais é você mesmo. Sua voz, sua forma de pensar, seu ponto de vista, sua história. Então escreva, desenhe, construa, brinque, dance e viva como só você pode” 
  •  “Algumas pessoas não gostam de você simplesmente porque a sua força os faz lembrar de suas fraquezas. Não deixe que o ódio alheio fique no seu caminho” 
  • “Trabalhe até que você não precise mais se apresentar” 
  • Viva de tal maneira que, se alguém falar mal de você, ninguém vai acreditar” 
  • “Você não pode começar o próximo capítulo da sua vida se continuar a reler o anterior” 
  • “Mentes pequenas não conseguem compreender grandes espíritos. Para se destacar, você precisa estar disposto a ser ridicularizado, odiado e incompreendido. Mantenha-se forte!” 
  • “Eu quero inspirar pessoas. Quero que alguém olhe para mim e diga ‘por sua causa, eu não desisti’” 
  • E finalmente – “Vá em frente. Me subestime”
Claro que são só algumas de muuuuuuitas que tenho lá, mas são suficiente para esse post, para esse momento.

Palavras têm força, têm poder e se você está aberto a transformação que elas oferecem, você pode se surpreender. Seja valente, filtre o que é “mimimi” e exagero, escolha o que te faz pensar, sorrir, refletir e se agarre no que você pode fazer. E faça. Até a próxima coluna, pessoas!

2 comentários:

Raffafust disse...

Frini
Sou como você e antes de fazer niver todo ano fico refletindo, é como se a cada ano que aumentamos a idade viesse em nossa cabeça uma retrospectiva com tudo que bom e ruim que rolou naquela nossa nova idade.
Adorei quando vc fala " trabalhar até que um dia vc não precise mais se apresentar", ser reconhecido depois de um trabalho bem feito é exatamente isso, é como se a gente deixasse nossa marca registrada, seja em um projeto ou em um cargo que exercemos em determinada empresa.
Ótimo texto :)

Beijos

Tita Mirra disse...

“Vá em frente. Me subestime” A-do-ro! Me faz lembrar de um dos meus mantras: "As pessoas querem me enganar o tempo todo. Me vingo delas acreditando". Bjs!