9 de nov de 2012

Papos de Sexta – Quanto vale um fã? (por Frini Georgakopoulos)

Recentemente, uma notícia abalou o mundo nerd: A Disney comprou a LucasFilm. Vários “obas” e “que droga” foram escritos na World Wide Web, e eu achei muito interessante esse impasse. Com um legado incrível que cresce a cada ano, a Disney não joga para perder, isso é fato. A Marvel já entrou nessa dança e agora os lightsabers integram a coleção do Mickey. Mas o que isso tem a ver com o título da coluna, Frini? Tudo!

Sou fã da Disney desde que me entendo por gente! Tanto, tanto que fiz parte da segunda turma de Cast Members brasileiros a irem trabalhar nos parques (sim, sou jurássica nesse nível, minha gente!) e fiquei noiva lá, ano passado! Amo, amo, amo tudo isso e apenas curto Guerra nas Estrelas (quase o oposto do meu noivo, o que acho que funciona superbem). Claro que LucasFilm não é só Guerra nas Estrelas, mas é o carro-chefe da empresa, ou, pelo menos, é a primeira coisa que veio à cabeça dos fãs quando a notícia estourou. A Disney não joga para perder, mas George Lucas também não. O cara que praticamente inventou merchandise cinematográfico sabe o que faz e a Disney sabe o que compra. Mas a grande dúvida é: e os fãs? Como ficam?

Com esse anúncio, uma enxurrada de imagens photoshopadas tomou conta da web (como as que estão nesta coluna), que divertiu, e irritou, várias pessoas diferentes, vários fãs! Eu estou me divertindo porque Lucas já fez muita besteira (essa sou eu, sendo fina) com seus próprios filmes e não vou culpar o Mickey se isso acontecer novamente. Mas tem muita gente que achou um absurdo e eu também não tiro a razão deles, e o motivo para isso é simples: mexeu com Disney, mexeu com Guerra nas Estrelas, mexeu com bilhões de fãs! Aí me pergunto: estava incluso no valor negociado o preço do fandom de Guerra nas Estrelas? Porque é gente pacas e ... NÃO! Ser fã não tem preço! 
Ser fã é pagar para ir a eventos em parcelas porque o dinheiro é curto, mas a oportunidade é única. Ser fã é virar a noite lendo o novo livro da saga que tanto ama, mesmo tendo prova ou trabalho no dia seguinte. Ser fã é fazer cosplay, é dormir na fila do cinema no dia da pré-estreia, é um monte de coisas — que Vivi Maurey já listou muito bem aqui — e muito mais! E tudo isso por puro amor ao nosso fan-atismo!

Hoje, ser fã de algo — seja de ator, cantor, escritor, livro, filme, seriado, etc — não é mais tão mal visto como foi um dia. E isso acontece porque nós, fãs, soubemos nos unir e mostrar que juntos somos mais fortes. Montamos blogs e mostramos que temos opinião, organizamos eventos e mostramos que temos responsabilidade, criamos nossa própria arte inspirada no que amamos e mostramos que temos talento.

Ser fã, no fundo, é gostar de algo incondicionalmente e esse tipo de devoção não tem preço. Então, pessoal, não há o porquê se preocupar com o que vai ou não acontecer com a saga Guerra nas Estrelas por ela estar sob a batuta do Sr. Disney. Não adianta esquentar a cabeça porque, afinal, somos fãs e o resultado — sendo bom ou ruim — será assistido e comentado por todos nós. E a nossa opinião vale muito. Por quê? Porque é de fã.

5 comentários:

Vivi Maurey disse...

POST LINDO FRINOCA!!!!!!!!!!!

Ana disse...

Expressou lindamente o que é ser fa... É tudo isso, muito mais... É ser jurássica( sim, eu tb sou!!) e fazer amizade com gente bem mais nova na fila do cinema ou do autógrafo e debater o tema...
Como sempre, vc foi brilhante!!!!

Raffafust disse...

Frini

Amei a coluna. Ser fã é bom demais ,não sei como tem gente que diz que nâo é fã de nada...eu sou fã de tanta coisa...tudo que admiro, tudo que gosto de um jeito que de uma hora para outra me faz sentir maravilhosamente bem mesmo quando estou mal, eu sou muito fã.
Dessas que torce, que quer ver o ídolo bem , dessas que quer chegar perto e se emocionar com um simples autógrafo...e dessas que não se contentam com poucas histórias porque eu quero muitas!kkk
Bem isso :D

Beijos

Mari disse...

Adorei a postagem! Você realmente disse tudo: opinião de fã não tem preço.
Eu sou muito fã das duas coisas: Disney e Star Wars desde que me entendo por gente. E fiquei com mixed feelings quando soube da notícia. Por um lado, a gente é fã, como você bem colocou, e vai seguir qualquer coisa que fizerem com a série. Mas por outro lado, fico meio apreensiva com essa história de nova trilogia e tudo mais, porque a gente segue todas as novidades, mas ama mesmo os clássicos (acredito que o fandom inteiro de Star Wars concorde comigo que a trilogia nova nem se compara à antiga, né?). Então, fica aquele medinho de estarem estragando algo tão precioso para nós.
Enfim, apesar de hoje em dia os fandoms terem muito mais força do que em outros tempos, infelizmente não temos muita voz ativa ainda no que se refere às decisões administrativas (tipo a venda da LucasFilm). Só nos resta esperar pra ver mesmo.

rscarone disse...

O que me veio a cabeça assim que li a notícia foi: a seção de Star Wars do parque Disney Hollywood Studios vai expandir!!!!! :D