30 de dez de 2011

Papos de sexta: Feliz Ano Novo! — Este pode ser o último de sua vida, por Janda Montenegro

Era uma vez à meia-noite, uma lenda maia que previa o fim do mundo para 21/12/12. Verdade ou misticismo? Independentemente, nós, brasileiros, adoramos essas coisas meio doidas, né? Mas... e se levássemos isso a sério? E se seguíssemos a mecânica do coração e, com louvor, encarássemos 2012 como o último ano de nossas vidas?
Se considerássemos o mistério do feiticeiro, tecnicamente este seria o último Ano Novo do mundo! =O
Diante de tamanha responsabilidade, o que eu poderia dizer a vocês neste último post do ano, o último que celebraríamos antes que o mundo acabasse?

Quem viu ou leu o livro Footloose sabe que a trama se baseia na liberdade de expressão, nos valores familiares e, claro, muito rock. Que tal se pegássemos esse espírito de aventura e o levássemos conosco ao longo de todo o ano de 2012, independentemente se o mundo acabar ou não? Vamos fingir que a profecia é verdadeira para, assim, encaramos 2012 como se fosse o último de nossas vidas. O que você faria, se isso fosse verdade? O que deixaria de fazer? Como aproveitar os últimos 365 dias de sua vida?

Eu sugiro que você se lembre desta estação do ano como O verão que mudou a minha vida, cheios de Amores ou Beijos infernais. Se o verão é a época de praia e você está um pouquinho acima do peso, deixe isso de lado! Tamanho 42 não é gorda e Tamanho 44 também não é gorda, afinal, diante do fim do mundo iminente, Tamanho não importa! E não acredite nA Rainha da fofoca se ela te disser o contrário!

Aproveite cada dia de 2012 como se fosse o último e não perca uma oportunidade de dizer a quem você ama o quanto eles significam em sua vida! Deixe todas as reclamações de lado e não perca tempo remoendo o que não deu certo em 2011: siga em frente, de cabeça erguida, e deixe os que lhe desejam mal exatamente onde estão: atrás de você. Curta intensamente cada paixão e dance como se ninguém estivesse vendo. Se entregue de corpo e alma a cada novo sonho que surgir e proponha-se algo novo, seja uma viagem a um local desconhecido ou um corte ousado nos cabelos. Ligue para um amigo distante e disponha-se a ajudar um desconhecido a troco de nada, apenas pelo fato de ajudar. E se tiver um tempinho, leia a coletânea Geração Subzero, com lançamento em junho: haverá um conto meu lá. Yay!

Assim, quando o dia 21/12/12 chegar, com seu Mundo das Sombras e sua invasão de Cowboys e aliens, com as Dezesseis ou Dezessete luas despontando no horizonte, lembre-se de que nesta nossa frágil Cidade de Vidro não há Feios, Perfeitos ou Especiais: somos todos iguais. Então, não se feche em seu próprio Círculo Secreto, isolando-se de todos para escrever em seu Diário da Princesa (ou Do Vampiro, se você for desses): o importante é estar com a Galera, mesmo que alguém esteja longe (como a Pamela), ou tenha largado tudo por um sonho (como a Vivi), seja uma maluquinha que tira foto com todo mundo (como a Raffa), tenha suas próprias teorias sobre gatinhos (como a Frini) ou esteja se despedindo hoje, após dois anos de parceria ( como a Luiza :~  )  : a sua Galera estará contigo sempre, até o fim do mundo – e, possivelmente, mesmo depois.

Desejo a todos um excelente Ano Novo e torço para que 2012 seja o melhor de nossas vidas!


Janda Montenegro é escritora, trabalha freelancer com revisão de textos literários e deseja que o Brasil se torne um país de leitores!


5 comentários:

Anônimo disse...

Janda, a última coluna do ano não poderia ter sido de ninguém ou sobre qualquer outro assunto, ou escrita de melhor foram! Parabéns pelo texto e obrigada por me incluir nele.

Tornar 2012 o melhor das nossas vidas só depende da gente. Se for o último ou não, não importa. Viver cada momento é o que conta e com a Galera é melhor ainda!

FELIZ ANO NOVO PESSOAS!!!!
beijo enorme
Frini

Raffafust disse...

Oi Janda

bem meu comment ainda não apareceu :( não sei se ainda não foi autorizado ou se por ter comentado do trabalho não foi O.o

Cá estou eu novamente comentando

Amei o texto! Espero que em 2012 a gente continue em muitos eventos literários juntas ( Tem Bienal SP e FLIP) e amei ser lembrada no seu texto...;)

Bjos e um feliz 2012

ALINE T.K.M. disse...

Amei o post, estava mesmo precisando ler algo alto-astral assim!
Que 2012, sendo o último ou não, seja um ano de muito sucesso e coisas lindas p/ todo mundo! Que seja um ano cheio de leituras, claro! =)

bjs,
escrevendoloucamente.blogspot.com

Maria Oliveira disse...

Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

Ah,tem sorteio rolando por lá,participa? :)

Beijinhos no core!

http://umamulherbemvestida.blogspot.com

Janda Montenegro disse...

Nossa...
Relendo aqui minha coluna postada há um ano, meus olhos encheram d'água. Eu realmente propus que encarássemos este ano de 2012 como se fosse o melhor de nossas vidas, como se nada mais fosse existir depois. E, agora, ao reler e rever minha tragetória no ano, percebo que foi exatamente isso que eu fiz.
É claro que houve momentos tristes, em que você se questiona se é isso mesmo que deve ser feito, em que o amor acaba e o vazio toma conta. Mas... ainda assim, cada dia desse ano eu o tornei especial. E agora, na semana do fim do mundo (rs), eu me sentiria "preparada" para me despedir, e passaria todas as horas dessa semana dizendo a todo mundo que eu os amo, assim, gratuitamente. =)
E eu amo vocês, Galera!
Que o espírito deste post se renove para 2013! o/