4 de jan de 2016

Tons da Galera: Tudo novo — ou quase.

Ano Novo, armário novo! Ou não. Em tempos de crise, pelo menos ainda podemos sonhar. Nas últimas semanas, os principais sites e especialistas em moda como The Zoe Report e Who What Wear fizeram apanhados do que promete entrar no seu armário ou ao menos na listinha de objetos do desejo de 2016.

O clima anos 1970 e 1990 (não juntos) continua imperando. Do  jeans de cintura alta e flare, abrindo na barra (guarde o boyfriend por enquanto), aos óculos retrô enormes (aposente os espelhados), os anos 1970 continuam presentes, mas um pouco menos onipresentes. Depois da enxurrada de camurça e caramelo (e camurça caramelo) que andamos vendo, esse ano trará um perfume mais Disco 70s do que pós-Woodstock 70s.

Migrando desse 70s show para os anos 1990, as estampas psicodélicas dão lugar a metalizados nas roupas e esmaltes, vestidos camisola acetinados e echarpes finas, amarradas como Gigi Hadid e Lily Rose, filha de Johnny Depp, costumam usar. As bochechas são bem coradas de blush (chega de excessos de contouring!), o delineado pode ser azul turquesa, e os lábios continuam mattes em tons amarronzados, à la Kylie Jenner, com uma participação especial do bom e velho vermelho-tomate.

Previsões do oráculo Rachel Zoe: Jeans alto flare, vestidos camisola, metálicos, óculos gigantes, bolsas brancas e maxi brincos.

As bolsas são de tamanho médio e brancas (deixe as color block descansado um tempo no armário), e os brincos continuam enooooormes, passando dos ombros. Nos pés: Tênis tênis tênis. O sneaker, ou bom e velho tênis, continua sendo a estrela da vez, geralmente branco, e muito, muito confortável. Porque sofrer pela moda é coisa do passado, e o ano é novo!


Queridinhos da vez — tênis, batom da Kylie Jenner (esgotado em horas), unhas metalizadas e Lily Rose e sua echarpes fininhas.

Nenhum comentário: