9 de jul de 2015

Galera entre letras: A Eterna Alice

O último dia 4 de julho foi uma data bem importante para leitores e leitoras de todo o mundo. Um dos livros mais traduzidos da literatura universal --- e uma das personagens mais queridas! --- completou 150 anos.
Já sabem de qual livro estou falando?! Óbvio que é de Alice no País das Maravilhas!

Muito se tem falado e escrito sobre Alice desde a sua publicação, e uma das coisas que mais chama a atenção são as ilustrações do livro. Porque Alice e seus seres fantásticos --- lagartas falantes, rainhas de Copas, bebês esquisitos --- precisavam ganhar corpo e, para isso, vários ilustradores usaram lápis, papel e emprestaram técnicas diversas.

Hoje vou mostrar algumas dessas ilustrações, que não apenas refletem a técnica dos artistas, como também, muitas vezes, refletem sua própria época.

Alice teve muitos rostos e cores nesses 150 anos!

John Tenniel foi o ilustrador da primeira edição de Alice. As ilustrações são em preto e branco e Alice é uma menina de cabelos cacheados e volumosos, e vestido de saia rodada.


Um ilustrador do qual eu gosto muito, mas que pouca gente conhece é o Edwin Prittie, conhecido por ilustrar muitos contos de fadas. A Alice do Prittie vem cheia de cores e é bem parecida com a Alice que nós conhecemos do filme da Disney.


A Maria Kirk foi uma das primeiras ilustradoras de Alice. Seus desenhos datam de uma edição de 1907. E Alice é uma garotinha morena, de vestido amarelo. Curioso é que os tons do fundo de suas imagens sempre são os mesmos, puxando para o verde e o ocre.


Eu não tenho muitas informações sobre a Marie Barrera, mas, convenhamos, uma Alice em quadrinhos merece destaque! Até onde eu sei, o gibi da Alice foi publicado originalmente em espanhol, nos anos de 1950.

  
Uriel Birnbaum foi um ilustrador austríaco muito importante de fins do século XIX e início do XX. As ilustrações que ele fez pra Alice são carregadas nos tons azuis e têm um quê de assustador (eu acho!), embora sejam muito bonitas também.



E eu não podia deixar de comentar sobre a linda capa de A Pequena Alice no País das Maravilhas, publicado pela Galerinha, com ilustrações de Emmanuel Polanco e tradução da Marina Colasanti, né? Olhem que linda a Alice ruiva!



Por hoje, fico aqui com a Alice eternizada por Lewis Carroll e seus ilustradores.


Até a próxima!

Nenhum comentário: