3 de ago de 2012

Papos de Sexta ESPECIAL - Entrevista com Cecily Von Ziegesar

Galera: Você contribuiu de alguma forma para o seriado de TV? (@nandinha_noodle)
Cecily: Eu não me envolvi no roteiro da série de TV. Conheci os criadores do programa e fiz um tour pelo Upper East Side com eles antes de filmarem o episódio piloto. Ficamos parados em frente à escola onde estudei, vendo as meninas saírem da aula no fim do dia. Aquele primeiro episódio é bem parecido com o primeiro livro em diversos pontos, mas muitas mudanças foram feitas também. Eu ainda sinto que grande parte dos personagens da série — Blair, Serena, Nate e Dan — são os personagens que criei nos livros.

Galera: Qual o seu personagem preferido nos livros? E na série de TV? (@EntrelinhasCasu)
Cecily: Blair é a minha personagem favorita nos livros e na série. Ela é tão dramática, egocêntrica, engraçada e inteligente! Nas primeiras temporadas da série, eu amei o que fizeram com Chuck. Ele é hilário. Acho que também trabalharam o personagem de Dan muito bem. O que é engraçado, pois, nos livros, Dan é o personagem que tem mais a ver comigo.

Galera: Você assiste ao seriado? Está satisfeita com o rumo que seus personagens criaram? (@carlammenezes)
Cecily: Assisto a todos os episódios. Preciso fazer isso! E atualmente os acompanho ao vivo pelo twitter. É divertido. Meus filhos têm 7 e 10 anos e assistem ao programa comigo. Meu filho de 7 anos às vezes vai dormir dizendo coisas como: “Estou preocupado com Chuck. Ele parece estar tão triste.” É interessante ver como os criadores da série aceleraram as idades dos personagens; agora eles são jovens adultos em início de carreira. Finalizei os livros com eles no fim do ensino médio. Então é engraçado ver que no programa que eles estão virando adultos. Pode ser frustrante assistir isso também — é sempre muito difícil ver seus personagens sendo reinventados por outra pessoa. Eu tenho uma sensibilidade muito mais livre e louca, então adoro quando o programa fica meio maluco. Não curto muito os elementos e enredo típicos de uma novela.

Galera: Qual personagem você mais gostou de matar em "Gossip Girl Psycho Killer"? (@MlleLovebooks)
Cecily: SPOILER!!! SPOILER!!! SPOILER!!! (selecione o texto para ver a resposta)
Adorei ver Chuck apanhando de Dan e Jenny no banheiro! Mas também amei a cena do elevador, logo depois que Serena volta e mata uma menina no elevador. Eu nunca soube que era tão perturbada e maluca, mas foi muito divertido escrever esse livro!

Galera: De onde surgiu a ideia de reescrever o primeiro volume de Gossip Girl de um jeito mais macabro?(@bdebrunors)
Cecily: Eu e meus editores sempre brincávamos sobre distorcer plots. Então alguns mash-ups foram publicados, como Orgulho e Preconceito e Zumbis e Abraham Lincoln Caçador de Vampiros, e pensamos: por que não? Comecei a escrever algumas cenas, pegando o texto do primeiro volume de Gossip Girl e mudando — mudando muito! Foi tão divertido que não consegui mais parar!

Galera: ‏Cecily, os jovens do Upper East Side são inconsequentes. O que de pior vc aprontou nessa idade? (@fran_alves)
Cecily: Eu era uma adolescente muito independente, mas nunca me envolvi em encrencas. Era muito dedicada aos meus cavalos, competia com dois cavalos em todos os finais de semana então viajava muito e nunca tinha tempo para festas. Acho que isso tem a ver com os motivos que me levaram a escrever Gossip Girl. Eu perdi tudo que meus amigos estavam fazendo. Então, mais tarde, tive que viver por meio dos meus personagens!

Galera: Como você descreve a amizade entre Serena e Blair? (@quelsr)
Cecily: Elas são muito leais e a relação acaba sendo como a de irmãs, principalmente porque nenhuma das duas tem irmãs. Mas então, quando uma delas trai essa amizade, é trágico e doloroso, muito pela lealdade que havia entre elas. E estão sempre tramando coisas, porque são amigas. Uma não pode viver sem a outra. E, na verdade, elas são tão diferentes que podem funcionar juntas ou separadas ao mesmo tempo. Esse é o melhor tipo de casamento.

Galera: Algum dia saberemos quem é a Gossip Girl? (@evelynvilard)
Cecily: Não sei o que vão fazer na série. Talvez decidam revelar a identidade dela no último episódio, que vai ao ar na primavera (em março de 2013, nos Estados Unidos). Mas nos livros ela continuará sendo um mistério. Acho melhor assim. E sério, eu sou a Gossip Girl, não?

Galera: Você já sentiu que deveria ter tomado um rumo diferente em algum livro depois que ele havia sido publicado? (@rickbardo)
Cecily: Nunca achei que deveria ter feito diferente. É um grande feito escrever um livro, nem que tenha sido realmente apenas um. Quero continuar escrevendo, porque tenho tantas ideias e amo tanto o que faço. O desafio é sentar e começar a escrever as primeiras palavras.

Galera: Quando adolescente, você era a fofoqueira ou era a que sofria com a fofoca? (@lipe_Ralf)
Cecily: Sempre fui fofoqueira. Algumas vezes desejei ter mantido minha boca fechada, mas é tentador demais. E fofoca não é bullying, nem sempre é algo agressivo. É diversão. Política é fofoca pura. Famílias fofocam sem parar um sobre o outro. Fofoca é parte da vida.

7 comentários:

Ananda Dias disse...

Adorei a entrevista! Muito emocionada que a pergunta que eu fiz saiu *-*
A Cecily parece ser muito simpática, quero muito ir na Bienal dia 11 para conhece-la!
Beijão!

Gis disse...

amei a entrevista!!! Cecily é uma grande escritora, e pela entrevista muito engraçada também. Espero mais livros de Gossip Girl Psycho killer, que esse seja só o primeiro de muitos. Ansiosa para conhecer ela na Bienal dia 11 :)
Galera Record está de parabéns, ótima escolha para Bienal :)
beijos

Aline T.K.M. disse...

Honestamente, não conheço quase nada de Gossip Girl, mas é sempre interessante ler entrevistas com autores. Só não curti muito a última resposta (a da fofoca), embora tenha gostado da sinceridade dela!

bj
escrevendoloucamente.blogspot.com

Evellyn disse...

Essa entrevista ficou demais!!

Realmente amei as perguntas que o pessoal fez e vcs selecionaram! A Cecily parece super simpática e espero conseguir senha pra falar com ela na Bienal doa 11 ^^
Achei que ela foi bem sincera e amei saber o que ela acha da série de tv - que eu acho que só é parecida no incio da 1ª temporada... mudaram TUDO (como sempre acontece qnd transformam livros em series) Mas entendo que são midias diferentes, então, tem que ser assim!

Ai que vontade de ler esse spoiler, mas quero ler Psico antes então me segurei!

bjs
Evellyn!

Anônimo disse...

galera , quando sai o resultado da promo dos blogs ? :D

A. Déborah disse...

Adorei a entrevista!

Fran Alves disse...

Ai gente adorei a entrevista... só vi agora... tava só com 3G no celular... fiquei muito feliz que a minha pergunta foi escolhida...

Ela é super querida... vou tentar pegar senha para conhece-la dia 11...

bjus