14 de ago de 2012

Bienal com a Galera - Lúcio Cardoso

Se fosse vivo, Lúcio Cardoso estaria completando, nesta terça-feira, dia 14 de agosto, 100 anos!!! 

Considerado pela crítica especializada como o Dostoieviski mineiro, Lúcio Cardoso era um escritor atormentado, com uma obra intimista. Porta-voz do que existe de mais autêntico nos meandros da alma. Um autor capaz, até mesmo, de contratar um assassino de aluguel para persegui-lo e, assim, mergulhar de forma mais completa no inferno de um personagem. 

Um artista à procura de palavras densas e sufocantes, num meio literário acostumado à leveza e à simplicidade. Sua obra engloba seis romances, sete novelas, três volumes de poesias, dois diários, peças de teatro, roteiros de filmes, traduções e diversos artigos para jornais e revistas.

O autor é um dos homenageados do estande do Grupo Record nesta bienal!!!

Nenhum comentário: