8 de jul de 2011

Papos de sexta: Uma escritora MEGnífica, por Rafa Fustagno

Sabem aquela emoção que muitas de vocês estão sentindo pelo último filme do bruxinho? Então, isso é o que sinto por Meg Cabot desde 2001! Uma comparação básica para entenderem como essa escritora maravilhosa faz parte de minha vida há exatos 10 anos!

Desde o dia que fui ao cinema para assistir o filme " O diário da princesa" confesso que entrei na sala de exibição mais por causa da Julie Andrews! - e saí desesperada atrás do livro que havia originado o filme. A partir desse dia passei a querer viver suas histórias a cada livro lido: quis ser  princesa como a Mia e ter um gato amigo como o Fat Louie, quis ver fantasmas como a  Suzannah e imaginei que um Jesse me assombrando não faria mal a ninguém.

Quis ter a coragem de Heather Wells, falar demais em Londres e em Nova York como a Lizzie Nichols, quis ser Em Watts por um dia para acordar com corpinho de Gisele Bundchen... Imaginei  pegar um voo para Italia como Jane Harris e descobrir o amor em  Roma!


Para entender Meg tem que ler, tem que estar disposta a virar fã, porque é esse efeito que ela causa nas pessoas. Eu fui vítima e não quero deixar de ser, afinal até hoje li exatos 35 livros de Meg Cabot, impressionantemente nunca deixei de gostar de algum e posso dizer que é a escritora que mais li em minha vida.


Fiz amizades por causa dela, usei as frases de suas personagens no meu dia a dia, tremi e chorei quando a vi na Bienal em 2009 e pude ver que ela era de verdade, cada segundo das mais de doze horas de fila para chegar perto dela valeram a pena, faria tudo de novo.


Queria poder voltar naquele dia, queria ter dito mais coisas, queria perguntar outras tantas, inúmeros livros e só dois autógrafos...quando se trata de Meg assumo que o vício não tem limites e me faz bem não controlá-lo; suas histórias são únicas, tem sua marca e a qualidade dos textos me encanta sempre.

Acho impressionante como em dez anos conheci pessoas como eu que a amam, que tem o mesmo sentimento que tenho de que ela é tudo, de que não há livro mais ou menos, porque todos são maravilhosos e ela passa isso para o leitor, que escreve com vontade, porque gosta e porque tem uma cabeça privilegiada e cheia de ideias boas.


Meg Cabot talvez não tenha muita noção de como marcou muitas vidas. Em uma entrevista ela disse que antes de vir ao Brasil ela ligou para - não menos maravilhosa - Cecily Von Ziegesar (autora da série Gossip Girl) e perguntou: "O que você achou do Brasil?" Cecily que havia vindo na Bienal de 2007, respondeu: "Ah! Eles são maravilhosos, você vai amar! Lá eles te tratam como um rock star!"


Bobinhas né? Mal sabem que para nós, leitores, seus livros marcaram nossas vidas bem mais do que qualquer música que possa vir a tocar.


E o sentimento é tão unânime que a Galera Record vai promover vários encontros para nós, fãs, homenagearmos a Diva Meg Cabot em várias cidades brasileiras!

E eu estarei no evento do Rio de Janeiro! Te vejo lá!



Veja as informações de todos os eventos aqui!

19 comentários:

Aline disse...

Essa sensação é muito boa realmente! É mágico! Inexplicável!!!
Estou ansiosa para ver o último filme do bruxinho depois de ter devorado o livro de + ou - 590 páginas em 10 dias rsrs. Sei o que está sentindo por ela!
Parabéns por mais uma coluna fantástica!

Patricia disse...

Adorei a coluna!!! A cada sexta que passa, os textos vao ficando ainda mais interessantes!!

Parabens Rafa!

Muito sucesso!

Lany disse...

Eu AMO A MEG!
Eu não sabia que você tinha conhecido Diário da Princesa por causa do filme! No meu caso, foi o contrário: eu li primeiro os livros e ADOREI! Aí depois fiquei sabendo do filme, que mesmo sendo bem diferente do livro, me conquistou!
Eu leio sempreee os livros da Meg (e como você sabe, até em inglês porque às vezes não consigo esperar as traduções hahaha) e já até perdi as contas de quantos li! São poucos os livros dela que eu não gostei muito...
E nossa, até hoje ainda não acredito que conheci a Meg na Bienal! SONHO REALIZADO!
Adorei a coluna!
Beijos,
Lany

Loucos Por Livros! disse...

Realmente, assim como só quem é fã do bruxinho entende o que é ser fã de Meg Cabot!!
Ela me fisgou de segunda, foi preciso eu ler A Mediadora duas vezes pra virar fã dela!! Mas depois que você lê um livro, não tem como não querer ler os outros! Meg é uma autora maravilhosa e escreve cada livro com cada personagem... Aiai, Suzannah ainda depois de tanto tempo é a minha favorita xD
Ainda não acredito que perdi a chance de conhece-la, fico triste só de me lembrar... Mas espero que um dia ela volte e ai sim, vou caçar ela que nem Voldinho caçando Harry!!xD
Não preciso falar que foi uma ótima coluna, preciso amiga?!AHHAHAH
Beijos,Débbie

dane bernardes disse...

Que lindo!
Você descreveu exatamente como me sinto! E aposto que como todo os fãs que existem por aí!

Já li todos os livros dela, também fiz muitos amigos por causa dela, indiquei seus livros, passei 12h na fila pra vê-la na Bienal do Rio, chorei, me emocionei, etc!

É amor demais! E espero que essa legião de fãs cresça cada vez mais, porque a Meg é muito diva e merece muito <3

Beijos, dane.
http://coracaofurtacor.blogspot.com/

Ingrid Sell Koerich disse...

Também me sinto exatamente assim!!
Os livros dela são os meus preferidos desde sempre.
Apesar de ler muito, sempre corro atras de novidades da Meg e ela sempre passa na frente dos outros!

Quero que tenha evento em Floripa!!
=D

Mathilde disse...

Ai..ai..ai..ai..ai!!
Essa Rafa acaba com a gente!
Eu só conhecia a Meg da série A Mediadora e tinha adorado sua escrita... Mas não era tããããão fã assim!!
Na semana passada a Vivi da Galera Record me manda dois livros da Meg para divulgar no blog e eu me peguei grudada naqueles livros e só larguei para um pipi stop básico...rs!
Li os dois em um dia e acabei fisgada pela escrita dinâmica da Meg de novo!!
Valeu Rafa por indicar a Meg constantemente e compartilhar seu carinho de fã e valeu Vivi pelos livros viciantes!! rs
Beijos envenenados, Math

Caçadora de Livros disse...

Boa amiga! ^^
Adorei o post! =D
E nessa Bienal vamos encontrar outra DIVA
ANNE RICE
#LESTAT4EVER

Loucos Por Livros! disse...

Eu conheço a Meg desde 2006, por causa dos filmes e por minha irmã ter lido a série "Diário da Princesa". Em 2007 fui na Bienal e comprei um livro da série para a minha irmã, que ficou super feliz, e nessa época eu nem gostava de ler. Em 2008/2009 comecei a ler e me apaixonar por livros e pela Meg. E desde lá ela virou uma das minahs escritoras favoritas.
Eu não acredito que nãoe starei com você sno evento e torço para que eu consiga ir no de Curitiba!

Amei o post, amiga. :) Diva Meg para smepre. Só ela cria os melhores personagens! Obrigada a Galera Record por trazer os livros dela para cá. :)
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.com

Anônimo disse...

Eu descobri que a Meg e maravilhosa ao ler Mediadora e provei isso mais uma vez ao ler Insaciavel. Ela e tudo de bom e muito simpatica. Realmente da gosto de ser fa de alguem assim! Parabens pela coluna Rafa! Bjs Frini

Dessinha disse...

Talvez eu seja muito idiota, mas chorei ao ler sua coluna. Foi como se todas as emoções estivessem de volta, pude sentir a adrenalina das corridas pra conseguir lugar nas filas, o frio na barriga antes de falar com ela; e tantas palavras não foram ditas. Nada foi melhor do que crescer com a Mia e posso dizer que a "escrevi" minha vida junto com a Meg. Esse amor não tem fim <3
Parabéns pela coluna!
Beijos,
Dessinha

Raffafust disse...

Gente, muito obrigada pelos comments! Muito bom saber que se identificaram com o texto! Falando de Meg sem amor não rola né meninas!

Dessinha - boba nada! Meg sempre me emociona! E nossos momentos na fila foram únicos!

Frini- Mediadora é awesome!

Carol- pena vc não poder ir espero que curta o de Curitiba que com ctz vai ser feito com carinho pelas meninas de lá!

Caçadora - Bienal e Divas literárias combinam MT! tô te esperando!

Math - avisei que essa paixão não tinha volta ! Enjoy it!

Ingrid- ela merece mesmo que tenha em todas as cidades do Brasil! Vou ficar torcendo para que tenha em Floripa!

Dane , Aline e Paty - sentimento único mesmo entendido por nós fàs da DIVA

Lany - sei bem o que passamos para vê-la mas como sempre dizemos faríamos tudo de novo! hahaha

Ana Bárbara disse...

RAFA! Desculpa a demora... minha vida anda meio corrida!
Concordo com cada palavra sua nesse post! De verdade.
Também conheci a Meg pelo filme de TPD, e também só entrei no cinema por causa da DIVA Julie. Hoje a Meg já é minha amiga íntima, sinto que a conheço melhor que muitas pessoas que vejo todos os dias. E pra entender tem que ler e estar disposto a virar fan MESMO.
Os "não-fans-de-meg-cabot" não entendem como podemos amar tanto uma escritora a ponto de esperar horas a fio numa fila, ir pra porta de hotel, esperar o lançamento de livro impacientemente, reclamar com a editora quando demora, seguí-la no twitter, ler o blog dela, ver vídeos no youtube... e de chorar copiosamente quando ela foi embora do Brasil e conto de fadas acabou! Coisa de fanático. Mas eu fico feliz de conhecer pessoas que entendem essa loucura e compartilham dela comigo!
Se pudesse também voltaria no tempo e perguntaria milhares de coisas pra nossa Tia Meg que não tive como perguntar... mas como não dá, fico feliz de saber que tenho pessoas lindas como vocês pra compartilhar esse sentimento.
UM BEIJO ENORME

Augusto Moitas disse...

ADOREI Rafa, achei muito legal o post. eu não posso falar que sou assim por Meg cabot pois não me interesso pelos livros dela, mas sei como é isso, e não pelo Harry Potter, e sim por Percy. Mas não vou falar de outras séries não é? rs.
Achei MUITO bom mesmo o post.
Bjs, Guto
http://www.boyswhoread.blogspot.com/

Livros minha Terapia disse...

Amigaaaa!! Amei sua coluna e sinceramente me arrependo muiiittoo de não ter ficado na fila em 2009 quem sabe nós não nos conheceríamos lá e não só agora em 2011!! Muito emocionante ler sua coluna, não tive uma mega fã na adolescência lia diversos estilos até criar o meu próprio... Então ...
Tenho que ser honesta demorei mas fui fisgada simmmm, só mesmo a Meg para ampliar totalmente o meu estilo literário.. mas DIVA poooode !!!
bjks Fê Figueiredo

Loucos Por Livros! disse...

Ai, amiga, minha mãe está reclamando que não quer gastar dinheiro só para ir em Curitiba. Preciso convencer a minha avó. Torçam por mim! :)
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.com

Dandra disse...

Lindo texto Raffa!

Amo a Meg, conheci seus livros através de um empréstimo da minha professora no ensino médio, dos livros da sua filha, e realmente não tem um livro dela que eu não goste.

Quero fotos do evento hein? :*

Raffafust disse...

Mais uma vez MUITO obrigada pelos elogios meninas! E menino >Guto !!;)

Dandra - pode deixar que vou pedir para alguma amiga bater muitas fotos!

Adriana disse...

Adorei seu texto Raffa! Td que você disse vc colocou sentimento, a gente sente nas palavras, amei viu! Vou ver seus textos toda semana, bjo!