19 de ago de 2011

Papos de sexta: Quando o leitor vira escritor, por Vivi Maurey

Tudo bem que eu sou suspeita pra falar, afinal trabalho em editora e vejo muito isso acontecendo, mas resolvi falar sobre isso hoje, porque é justamente o que acontece comigo. Quando o leitor vira o escritor? Culpada.

Desde criança eu queria escrever. Antes de saber ler, antes de ir ao cinema pela primeira vez (até parece que lembro disso), rs. ;)

O que importava era contar qualquer história em um pedaço de papel. Eu era aluna nota 10 em redação, participava de campeonatos de português na escola e todo mundo tirava dúvidas comigo. Veja bem, eu nunca fui cdf, rs, muito pelo contrário, não estudava nunca meeesmo, mas em inglês e redação eu gabaritava, hihi.

Na faculdade, a professora de português fez uma aposta comigo; disse que eu trancaria jornalismo e faria letras. Pq será? ;) Ela perdeu, mas não pq não quis mudar. Enfim. Sh** happens.

Isso tudo sobe à cabeça. A gente começa a achar que tudo é bom, que nada do que a gente escreve é brega, fraco ou pouco vendedor. A gente esquece a auto-crítica.

Nós que somos apaixonados por livros, por histórias, sempre queremos criar nossas próprias. Bem, nem todo mundo, mas uma boa parte dessa galera. Criar pode não ser fácil, mas com um pouco de paciência e dedicação, dá pra fazer, o problema é quando o escritor quer sair do anonimato.

Publicar, principalmente no Brasil, é muito difícil!! É um sonho que tenho, não apenas mais um sonho, é O sonho, e tenho certeza que um dia chego lá.

Por enquanto, vou lendo, treinando, aperfeiçoando a técnica, estudando possibilidades e gêneros distintos, encontrando a minha própria identidade. Sem ela não sou ninguém. Não adianta copiar uma técnica, seguir a jornada do herói, sem ter como priori a minha vontade de escrever. Posso não ter publicado nada ainda, mas sou escritora pois tenho minha voz, e ela é única. ;)

Bjocas, 
Vivoca

17 comentários:

Simone Santiago ( Luka ) disse...

Quando escrevemos soltamos nossa imaginação e levamos os leitores com a gente. Eu realmente acredito que os livros são a prova de que os homens podem fazer magia :-)

Bjss

Vivi disse...

Ahhh!!! A famosa auto-crítica!! Acho que nenhuma das histórias que escrevi até hoje ficaram boas!!! Eu sou muuuuito crítica!! Principalmente comigo mesma!

Mas escrever é tuuudo!! Amo! mesmo que seja só no Twitter!! kkk

Bjokas!!!

Ana Death Duarte disse...

Amei sua coluna. "Posso não ter publicado nada ainda, mas sou escritora pois tenho minha voz, e ela é única. ;)" - Isso é perfeito... O problema da auto-crítica é quando ela é extrema e, pessoas q nem eu, rs, ficam revisando eternamente suas histórias heheh - sério mesmo, já revisei meu "livro" q escrevi tantas vezes, já mudei tanta coisa e nunca acho que tá perfeito... Veh se pode? O.o
Beijos

Nandinha disse...

É... Cheguei no estágio de querer ser escritora muito cedo! XD

Sonho de infância que persiste ainda hoje... E minha vontade de querer ser uma escritora publicada deu origem ao meu blog. Não é a mesma coisa, but... Um dia eu também chego lá! XD

NiNah disse...

Que linda!
Adorei seu texto.
Persista e não desista!
Bjos

Laila disse...

Um dia eu ainda termino de escrever meu livro! o/

Anime Daiki disse...

Nossa que texto adorei! Muitos dos leitores sonham em ser futuros escritores isso é a pura verdade!

Vivi desejo todo sucesso a você e que consiga realisar o teu sonho, fico na torcida aqui \o/

Beijokas
@AngelKiller_

Nick e Mô disse...

Nossa Vivi, te apoiamos totalmente! Porque foi bem isso que aconteceu com a gente. De tanto ler, decidimos virar escritoras e deu super certo! Tenta enviar o seu original pra editora Underworld, eles fazem um ótimo trabalho! Nunca desista e sempre acredite, pelo visto você tem muita capacidade para conseguir ter o livro publicado! Beijos e sucesso!
Gêmeas

Cláudia Charão disse...

Adorei o texto e a atitude :) eu estou tentando escrever, estudando português e lendo muito (claro), só que sou super crítica, nada nunca esta nem quase bom hehe

Bjuss

Raffafust disse...

Vivi

Já pensei em ser escritora várias vezes mas como as histórias que escrevi eram todas muito auto biográficas nunca levei pra frente, admiro quem tem coragem se seguir em frente...afinal nunca plantei árvore, nunca tive filho e tb não escrevi um livro..hahhaha vamos ver qual dels vem antes! rs
Quero um dia ir na sua tarde de autógrafos hein! Juro que coloco lá no blog " Meu encontro com autor"

Bjos

Felipe Fagundes disse...

Eu também quero terminar de escrever minha história!
Acho que um bom caminho é pedir a opinião de amigos, opinião sincera, claro. Aí já vemos como é nossa história aos olhos dos outros. Nem sempre conseguimos enxergar as falhas nos nossos textos.
Eu tenha a plena consciência de que minhas tramas são boas mas minha escrita não é lá grandes coisas. Aí dificulta, né? :P

Leitoras Anônimas disse...

Eu mesma já tive vontade de escrever um livro, embora me falte criatividade para isso (rs).
Você parece levar jeito para a coisa, por isso tenho certeza de que um dia, enquanto eu estiver andando por uma livraria, verei um livro de sua autoria na seção dos Best-Sellers! :)

Você está no caminho certo, é só fazer um esforcinho extra! Estarei te apoiando sempre que precisar :)

Abraços,
leitorasanonimas.com

Tita Mirra disse...

Amiga, só fui ler sua coluna agora! Me perdoa, vai?
Vc sabe q eu super te entendo e apóio... Nós, escritoras wannabe, precisamos nos unir :) Bjs lindona!

Dandara disse...

Adorei o poster, realmente quem é apaixonado por leitura sempre tem vontade de escrever algo próprio.
Já pensei nisso várias vezes, mas infelizmente me falta tempo, porém chego lá o/
Boa sorte Vivi, tenho certeza que vc vai arrasar, rs.

Bjo!

janda disse...

Fala guria!

Então, nesse ponto vou ter que discordar de você, até mesmo por experiência própria: publicar no Brasil é muito fácil.

É verdade! Hoje em dia, pelo o que eu tenho acompanhado, quase tudo se torna publicável e editoras surgem a torto e a direito, imprimindo sob demanda tiragens de mil a um livro.Complicado.

No caso, o que você quer dizer, penso eu, é que o que é difícil hoje no Brasil é ser publicado por BONS editores, desses que sugerem mudanças no texto, fazem plano de mídia, etc. O que se tem por aí são PUBLICADORES, pessoas que se dizem editores mas que apenas apertam o enter para publicar, sem sequer ler o original.

Além disso, o que é difícil é ser publicado por uma editora que banque a publicação, que aposte no autor, principalmente se ele ainda é iniciante e não tem nenhum "padrinho". O mais comum é o autor pagar por sua própria publicação, às vezes chegando a pagar pela publicação não só do primeiro, mas do segundo, terceiro e quarto livro, até que se tenha comprovado que ele é um autor profissional, não um amador.

Por último e não menos importante, creio que a principal dificuldade no Brasil é a distribuição. Se você é autor e conseguiu passar pelas etapas acima, fatalmente você emperrará por aqui. Não adianta ter um livro lindo, uma história foda, se ela não chegar às mãos do leitor - e, para tal, precisamos de distribuidor. Só que o distribuidor leva 50% do valor do livro, o que acaba encarecendo-o.

E assim, minha cara, a bola de neve vai aumentando. Não é difícil publicar no Brasil. Difícil mesmo é ser autor, porque há de se ter muita teimosia e persistência para sobreviver neste meio.

beijo enorme querida!

Ѽ Michelle Ѽ disse...

Viviiiiiiiiiiii do céu, que texto lindo e emocionante!!! (insira olhinhos brilhando aqui)
Tenho que dizer que seu texto demonstra tudo o que quis dizer, mas nunca consegui. Eu também era ótima em redação, sempre adorei escrever e faço isso há uns 8 anos ou mais, sempre criando minhas histórias sejam baseadas em minha vida ou em fatos resgatados da minha imaginação. Mas no meu caso, o que falta é coragem. Talvez também um pouco (ou muito) de medo de não conseguir seguir em frente ou 'emprerrar' em algum processo como disse a Janda. =/
Por isso cito uma frase do seu texto que resume tudo o que sinto atualmente e sei que um dia chegaremos lá! =)
"Posso não ter publicado nada ainda, mas sou escritora pois tenho minha voz, e ela é única."

Bjussssssss fofa!!
Mi
Viciados Pela Leitura

Loucos Por Livros! disse...

Vivi, torço para que você lançe seus livros! Vendo como você escreve no blog da Galera Record já percebi que a um grande potencial dentro de você. Com mais calma lerei seu blog e com certeza o adorarei. :)
Você consegue! Adorei o seu sonhos e nunca pare de sonhar sobre ele!
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.cim