31 de ago de 2012

Papos de sexta: Para o Fim do Mundo, por @vivimaurey

 Semana passada, vi o filme Procura-se um Amigo para o Fim do Mundo, com Steve Carell e Keira Knightley, sabem qual é? Estreia hoje nos cinemas.

No filme, um asteroide chamado Matilda vai colidir com a Terra em alguns dias, e a última tentativa de modificar essa rota de colisão falha. Esse é o fim da humanidade. Todos aqueles planos para o futuro são tão inúteis agora quanto os feriados em dia de domingo. A realidade do fim dos dias é tão cruel, que é mais fácil continuar as vidas como se nada fosse diferente; como se a ficha ainda não tivesse caído. Afinal, fazer tudo o que você sempre quis antes de morrer pode ser impossível. As companhias aéreas não estão mais disponibilizando voos, os telefones estão se desligando, tudo perde o sinal, aos poucos, e aquela sua ideia maravilhosa de visitar o Egito e a Grécia no fim dos dias fica, a cada segundo, mais distante. Nem gasolina nos postos se acha mais. Só diesel.

O que você faria se soubesse que só te restam duas semanas de vida? É a pergunta a qual todos são submetidos, durante o filme. Mas, na verdade, o único grande questionamento da história é bem mais simples que isso. Com quem você quer passar os últimos dias de sua vida? Se você souber responder, talvez acredite que as pessoas não morram sozinhas, afinal :) 
Procura-se um Amigo para o Fim do Mundo (Seeking a Friend for the End of the World, 2012) é trágico e parece bem dramático — e é! risos —, mas o tom é de comédia e diverte do início ao fim. Não tem como não se identificar com a riqueza de cada um dos personagens. Todos eles têm seus questionamentos sobre a morte, sobre o fim do mundo e o fato de saberem que vão morrer em tal hora de tal dia. Alguns vão querer continuar vivendo como se nada fosse acontecer, indo ao trabalho e voltando para casa, mantendo a rotina; outros vão surtar, quebrar a casa, as ruas e as pessoas. Muitos vão se matar; alguns do jeito tradicional, outros nem tanto. Vocês vão entender o que estou falando quando assistirem ao filme. E alguns vão simplesmente se perder ainda mais na solidão, como é o caso de Dodge, o protagonista. Questionando até o fim o sentido da vida e os detalhes inúteis com que as pessoas parecem se importar tanto. Qual apartamento escolher? A cortina tem de ser azul ou vermelha? Esse ou aquele emprego? Escolhas que na atual perspectiva não parecem ter mais nenhum valor. E a verdade cruel é que nenhuma delas importa mesmo. Mas a gente só enxerga isso diante da morte. 

É lindo demais, chorei pra valer. Emociona com sutileza, sabe?
Mas sabe o que é mais bizarro? Tem uma cena (calma, não é spoiler) que a personagem da Keira Knightley tem de abandonar rápido o apartamento e ela corre para os discos de vinil que herdou do pai, recolhe alguns e diz 'adeus' para os outros, triste, porque teve de abandoná-los. Isso me fez pensar tanto...

Eu já me imaginei várias vezes tendo de escolher o que colocar numa mochila caso tenha de sair às pressas de casa por conta de um apocalipse zumbi, risos. Sério. Já perdi o sono por causa disso (veja na minha coluna sobre zumbis e vai entender melhor a minha loucura!). Mas, nesse caso, eu teria esperanças de sobreviver, então seria um kit para levar adiante, para a vida pós-apocalíptica, sabe? Mas quando se trata de um asteroide que vai acabar com a humanidade, não há esperanças. A única coisa que eu poderia colocar numa mochila seria para as últimas horas de vida. A Penny, do filme, escolhe os discos de vinil e nem sabe se vai encontrar um toca-discos na viagem, que ela vai fazer durante as últimas horas, para escutá-los.

O que eu escolheria? Já pensei nos meus livros prediletos (e me toquei que eles não estão no meu iPad — o que facilitaria a minha vida na hora de carregá-los), no meu notebook (com fotos, músicas, livros, minhas próprias histórias e duas horas de bateria), nos meus diários — que carregam toda a minha vida desde que eu tinha 8 anos —, no meu violão e até na possibilidade de levar apenas um caderno e uma caneta.

Duvido que minha conclusão atual seja a mesma que eu teria se tivesse nessa situação.

Você já pensou sobre isso? O que levaria numa mochila para passar os últimos dias na Terra?

29 de ago de 2012

GALERA POP – O LEGADO BOURNE

Diretor do excelente Contrato de Risco, Tony Gilroy realmente recebeu um grande legado ao assumir a direção de O Legado Bourne — legado que ele mesmo ajudou a construir, pois foi um dos principais roteiristas da trilogia estrelada por Matt Damon. Neste capítulo, que ocorre paralelamente aos eventos de O Ultimato Bourne, Gilroy ficou sozinho diante do próprio texto e cometeu aquele pecado capital de todo escritor: não soube editar/cortar seu texto. De todos os “Bourne”, este aqui é o menos enxuto e de maior duração; se tivesse passado o roteiro para outro dirigir, como fez com Doug Liman (A Identidade Bourne) e Paul Greengrass (A Supremacia Bourne, O Ultimato Bourne), com certeza este O Legado Bourne teria a urgência e o dinamismo dos anteriores.

Não que O Legado Bourne seja um filme verborrágico ou um drama de interiores; há apenas uma sensação de desconexão entre trama e ação. Gilroy parece mais à vontade nos diálogos, é notável o apreço pelo próprio texto, e certas cenas duram mais do que o recado que deviam passar. Os flertes com O Ultimato Bourne são discretos e interessantes — e um deles abre nitidamente as portas para um possível retorno de Matt Damon como Jason Bourne. Neste âmbito, Tony Gilroy mostra pleno domínio do universo que ajudou a criar (e que tem pouco a ver com o Jason Bourne de Robert Ludlum, criador do personagem). É um domínio que se vê na própria construção do personagem de Aaron Cross (Jeremy Renner, o Gavião Arqueiro de Os Vingadores), que tem um motivo concreto e diferente para se rebelar contra a CIA, sem ser um clone de Bourne.
Aaron Cross é integrante de outro programa da CIA para criar superassassinos nos moldes de Jason Bourne. Quando o escândalo provocado por Bourne na grande mídia obriga a agência a fechar esses programas, Cross escapa da queima de arquivo e fica sem acesso à medicação que sustenta seu condicionamento físico/mental (aparentemente, Jason Bourne não precisava das pílulas ou seu procedimento foi feito de outra forma). Ele então se alia à geneticista da CIA (Rachel Weisz, sem sotaque inglês), que Cross salvou da mesma queima de arquivo, para resolver sua dependência química. Enquanto Bourne queria descobrir seu passado e se vingar de quem o tornou uma máquina de matar, Cross só quer ter acesso à medicação ou vencer a necessidade das drogas que condicionam seu corpo e mente.
Por ser exatamente uma história paralela, O Legado Bourne fica à sombra da saga maior, mais importante. O filme lembra aquela historiazinha de poucas páginas que vinha como adendo à trama principal de um gibi. Com um texto mais enxuto, uma direção menos perdida, e uma relevância maior à saga “Bourne”, talvez o longa-metragem deixasse um legado maior, com perdão pela piada.

O trailer e outras informações estão no site oficial.

________________________________________________________________________


André Gordirro, 39 anos, carioca, tricolor, escreve sobre cinema há 18 anos. Passou pelas redações da Revista MancheteVeja Rio, e foi colaborador da Revista SET por dez anos. Atualmente colabora com aRevista Preview e GQ Brasil. Leva a vida vendo filmes, viajando pelo mundo para entrevistar astros e diretores de cinema e, claro, traduzindo para a Galera Record. Nas horas vagas, consegue (tenta...) ler gibis daMarvel, jogar videogames e escrever o primeiro romance (que um dia sai!).

24 de ago de 2012

Papos de Sexta - Quando um comentário vale ouro, por Rafaella Fustagno

Intrigada com toda essa novidade de blogosfera literária – vale lembrar que há bem pouco tempo nada disso existia – bati um papo com uma de minhas amigas desse meio, da qual vou preferir não divulgar o nome. Esqueci de perguntar se poderia... rs

Eu: Coisa louca isso de comentário, né? Nunca entendi como um comentário da noite para o dia pode ter ficado tão importante!

Ela respondeu: Ai, Rafa, superentendo! Outro dia eu estava muito triste porque postei uma resenha e depois de uma semana no ar só tinha um comentário. Como pode? Vou lá no blog e tem 60 visualizações, mas ninguém comenta... (fazendo carinha de triste).

Eu: Mas então! Eu mesma entrei nessa, tudo que escrevo quero gere muitos comentários, peço até para o pessoal do trabalho. Povo antipático, lê e não comenta, vê se pode?

Ela: Ah... mas comentário tem de ser construtivo, tem de dizer o que achou daquele post, se concorda ou não...

Eu: Não era a crítica que tinha de ser construtiva? Eu hein... Nem eu sei porque quero que comentem.

Ela: Claro que sabe, post de blog sem comentário é como postar algo no seu mural do Facebook e não ter nenhuma curtida! Derrota total amiga...

Eu: É, acho que me sinto assim... Mas tô ficando meio louca... Você posta e dá F5?

Ela : Hahahaha, é o que mais faço amiga! F5 e um comentário e quase dou um duplo mortal para trás para comemorar!

Eu: Bons tempos onde não era viciada em comentários, agora é como se ninguém tivesse lido, mas acho que não sou a única, né? Aliás não somos! Todo blog que se preze para participar de promo tem lá: “Comente nesse post e concorra”. Ou seja... ninguém merece ganhar nada se não comentar!

Ela: Ah... fecho com os blogueiros. Como assim vai participar se não comentou? Tem que comentar decente sabe? Aquele comentário de dar inveja que é quase uma nova resenha do que a pessoa achou do livro... Esse lance de “Amei a resenha, visite meu blog e o link” não aguento não, vontade de deletar... Nem leu nada! Aposto!

Eu: Acho que corremos o sério risco de estarmos sendo contaminadas pelo “Mal do comentário”, aquele que nos faz odiar a amiguinha que nunca comenta no seu blog, mas amar a fofa que tem todo o tempo do mundo para deixar nem que seja um beijo. Eu gosto de reciprocidade, sabe? Sempre arrumo um tempo para quem comenta no que posto.

Ela: Ah, fala sério! Eu até paro de falar se a pessoa não comenta no meu, mas comenta no de todo mundo, acho que é pessoal!

Eu: Nossa... Isso que é levar a sério!

Ela: Queria entender também que mel é esse que algumas blogueiras tem que mal postaram uma coisa e tem mais de 50 comentários... Como conseguem?

Eu: Carisma, né? São as Ivetes Sangalos do mundo literário! Quem pode culpá-las, são fofas ué...

Ela : Ah, Rafa, nem todas...

Eu: No mundo virtual elas são... E a propósito, já comentou na minha coluna da Galera dessa semana?

Ela: Não tive tempo

Eu: Humm... quando comentar então voltamos a nos falar...

Ela fez cara de susto.

Eu: Brincadeira... viu? Nem sempre dá para sair comentando em tudo... rs

E vocês? São viciados em comentários? Gostam de comentar? Acham importante que tenha o comentário? Eu amo um bom comentário... Comentem aí ;)

23 de ago de 2012

GALERA POP - DATING RULES FROM MY FUTURE SELF

Hoje enquanto voltava pra casa do estágio, aquela sensação de paz e tranquilidade tomava conta de mim. Descanso...
Mas então várias coisas começaram a pipocar na minha cabeça: Cadê a versão final da matéria para o jornal da faculdade? Você precisa escrever um post novo pro blog! E a coluna da Galera que você começou ontem? Não esquece de ligar pra menina e confirmar as fotos da personagem amanhã! UFA! Eu que não sou boba comecei pelo post e pela coluna, prefiro fazer as coisas legais antes hahahaha

Mas o que me deixa impressionada é que chegou aquela época da minha vida que eu estou muito ocupada. Dá pra acreditar? Nunca pensei que isso fosse acontecer comigo. Mentira, pensei sim! Só achei que fosse demorar mais. E eu gosto! Tão legal me sentir útil. Quando alguma reclamação começa a aparecer na ponta da minha língua (ou nos dedos no teclado), lembro como me sentia naquele ano pós Ensino Médio, em que eu ia pro cursinho fazer NADA. Melhor ter pouco tempo do que ser amiga do tédio.

Ok, mas e a série, Nanda? Bom, antes de ontem eu estava querendo muito assistir alguma série legal, mas não conseguia achar tempo pra ver mais de 2 episódios. Foi então que eu resolvi assistir esse web série, e consegui ver toda a temporada!

Dating Rules From My Future Self 

Dos produtores de Gossip Girl, Dating Rules From My Future Self é uma web série com mini episódios que vai ao ar duas vezes por semana, no youtube e no facebook. O que é mais divertido, é que cada um dos episódios tem (até) 8 minutos. Não é o máximo? Em pouco mais de 2 horas você assiste todos os 9 episódios da primeira temporada! \o/ Pronto, um filme por uma temporada. E você ainda consegue fazer aquela pilha de trabalhos que te aguarda logo ali

A primeira temporada é protagonizada pela Shiri Appeby (Life Unexpected). Lucy trabalha em uma empresa que desenvolve aplicativos pra celular (cadê esse emprego na nossa vida?!) e um dia começa a receber mensagens super esquisitas de alguém que diz ser ela mesma no futuro (!) Eu sei, é meio estranho (mais estranho ainda é ela acreditar nessa história tão rápido rs). Nas mensagens, a "Lucy-do-futuro" começa a dar ordens para Lucy-do-presente sobre o que ela deve fazer no relacionamento que tem com Brendan (Pretty Little Liars). O que, claro, rende umas situações bem constrangedoras. Bom, eu adoro isso e vocês? Hahaha 
Não da pra esquecer das referências, a web série é cheia delas. São muitas, e a que mais gostei foram os nomes dos chefes dela: Otto e Frank. Otto Frank, gente! O pai da Anne Frank.
No elenco tem o namorado da Lady Gaga (hahahahaha) Taylor Kinner e as amigas e romates Alisson Beck e Mircea Monroe. A série é muito fofa! Os episódios são leves e muito engraçados, não tem como cansar. Passa tudo tão rapidinho que você só quer ver o próximo logo. Já assisti a primeira temporada e vou começar a segunda o mais rápido que puder. E sabe quem é a protagonista? Candice Accola, a Caroline de The Vampire Diaries
Então fica a dica: para uma temporada completada em duas horas assista
Dating Rules From My Future Self. Nesse caso, falta de tempo não é desculpa válida. :) 
xoxo,
Nanda.
________________________________________________________________________


Meu nome é Fernanda, mas podem me chamar de Nanda. Tenho (quase) 22 anos, mas juro que pareço ter 16. Estudo jornalismo porque depois de assistir Smallville, decidi que queria ser a Chloe. Sou apaixonada por cultura pop, e fiquei um bom tempo tentando decidir se gostava mais de ler, ver séries ou filmes. Acabei decidindo que tanto faz. Eu gosto de todos! (Mas acho que ter 32 séries na minha watch list responde essa dúvida).

21 de ago de 2012

Podcasts do @jovemnerd

Os nossos livros de games têm virado febre! Assassin's Creed: A Cruzada Secreta e Battlefield 3: O Russo ficaram na lista dos 20 lançamentos mais vendidos da Bienal São Paulo. E os outros volumes de AC não ficaram pra trás. Quem não tinha ainda os livros correu pra comprar. 

E é nesse clima de livros de games que a equipe do MRG fez 2 podcasts iradíssimos no Jovem Nerd sobre Assassin's Creed: A Cruzada Secreta e Battlefield 3: O Russo. E a Galera Record ainda ganhou elogios! Obaaaaa!

Se você quer conhecer os livros ou se já conhece e quer morrer de rir, vale a pena ouvir!! A equipe ainda disse que ao terminar de ler os livros dá ainda mais vontade de jogar e que, inclusive, fica mais fácil entender o jogo depois de ler os livros! Tá esperando o que? :D


Os podcasts:

Assassin's Creed: A Cruzada Secreta - Veja o 1º capítulo no nosso site!
Battlefield 3: O Russo - Veja o 1º capítulo no nosso site!

19 de ago de 2012

BIENAL COM A GALERA - YABU E SPOHR

Fãs de fantasia lotam o auditório do Submarino para assisitir ao bate-papo com Fabio Yabu e Eduardo Spohr. E, entre as várias declaraçlões divertidas de ambos, Yabu, ao ser perguntado sobre o interesse por zumbis, foi logo explicando: Porque Zumbi é algo que todos seremos um dia.
Spohr também fez sucesso. A fila do autógrafo do autor, no estande da Record, estava dando voltas! Dá uma conferida na imagem:

BIENAL COM A GALERA - ASSASSINOS

Visitou a Bienal do Livro de São Paulo? Não? Nem o estande da Galera??? Mas olha quem pasosu por lá hoje: Ezio!!!! Ficou com inveja? Mas corre lá! De repente você ainda encontra um dos mais incríveis assassinos do Credo. Por que? Porque ele pode!!!

BIENAL COM A GALERA - ACABANDO!!!!

A palavra do dia é esgotado!!! One direction acabou mais ainda tem muita coisa boa no estande e por ótimos preços! E se você não encontrar o quer, ganha um cupom de 25%para comprar direto com a gente sem frete. 


BIENAL COM A GALERA - TURMA DA MÔNICA

Aiiiiii!!!! Quem não gosta da Mônica e da sua turminha??? Magali, Cebolinha, Cascão! Quem passou pelo estande da Record hoje teve a oportunidade de encontrar não só esses personagens megafofos, como seu criador, Mauricio de Sousa. Pegou atógrafo?? Inveja!!!!

BIENAL COM A GALERA - ZUMBIS

Quem gosta de zumbis, pode dar um pulo no estande da Galera!!! Além de The walking dead, livro que apresenta aos leitores um novo núcleo de personagens — já bastante conhecido dos fãs das HQs e que deve despontar em breve nas próximas temporadas da série, exibida no Brasil pela Fox —, tem o bacanérrimo O imimigo, do Charles Higson. Higson mescla terror e ficção científica para criar uma trama de arrepiar. Numa Londres indefinida, uma estranha doença toma conta dos adultos. Todos com mais de 16 anos são infectados. Os que sobrevivem à enfermidade vagam pelas ruas, longe da luz. Com a pele escura e putrefeita, não muito espertos — tampouco rápidos —, são zumbis 
em busca constante de comida: crianças.

18 de ago de 2012

BIENAL COM A GALERA - LOTADO!!!

Galera! Dá só uma olhada em como está cheia a BIenal! Você vai perder? Muito livro bacana, debates, mesas... Tudo para todos os gostos. Aproveita para dar um pulinho no estande do Grupo Editorial Record antes de ir para a balada! Vale a pena!

BIENAL COM A GALERA - ONE DIRECTION NUMBER ONE

É oficial!!! O número um — ou seria melhor dizer number one?? — do estande é a biografia do grupo musical One Direction. Os meninos não apenas tomaram o mundo musical de assalto, como parece que irão fazer o esmo no mundo das letras. Se quer garantir a sua, corre!!! É só R$ 19,90!



BIENAL COM A GALERA - ENCANTADORES DE VIDA

A energia na Bienal pode estar indo e vindo, mas no estande da Record, ela não acaba! Eduardo Moreira vai autografar seu livro, Encantadores de vida. Corre para pegar! Nele, Eduardo conta como, depois de um tombo do cavalo, conheceu dois homens que mudariam sua relação com a vida e com os animais: Nuno Cobra (preparador físico de Ayrton Senna) e Monty Roberts (o famoso encantador de cavalos).

Neste livro incrível, Eduardo Moreira apresenta o método de Monty Roberts, o encantador de cavalos que prega a não violência para domar os cavalos, o afeto para lidar com os animais. E o de Nuno Cobra, treinador personalizado de atletas, adepto da integração corpo-mente-emoção-espírito para a reorganização e o equilíbrio do corpo em uma zona de conforto para o ser humano. E mostra como esses mestres se tornaram os pilares de sua vida.

17 de ago de 2012

Bienal com a Galera - 2016

Quem viu o vídeo de apresentação das Olimpíadas de 2016, deve ter reparado que entre os ilustres escolhidos para nos representar estava Nélida Piñon!!!! 

A escritora foi a primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras. Bacana, né? E mais legal ainda... Nélida está com livro novo! Livro das horas. Dá um pulo no estande para conferir. Nele, ela registra sua memórias afetivas que emergem a partir de um vertiginoso turbilhão de lembranças e emoções. A cada página, a autora deixa claro que, independentemente de sua vivência ou da riqueza de suas lembranças, sua história de amor sempre foi uma só: com a palavra.

Bienal com a galera - AC

Se na linha da história o tempo se divide em AC ou não, no mundo editorial, a sigla também chama atenção.
Afinal, Assassin’s Creed é uma franquia para lá de bem sucedida. O livro é figurinha fácil nas listas de mais vendidos. E tem lugar de destaque no nosso estande!!!

Passa lá! Se você ainda não conhece as palavras do Credo, é hora de aprender. Bem em tempo de Forsaken... Tá chegando!

16 de ago de 2012

Bienal com a Galera - Diário de uma garota nada popular

A série de livros Diário de uma garota nada popular te espera lá no nosso estande! :D

Você já conhece a série? Não??
É quase uma versão feminina de O Diário de um banana. Nikki é uma menina super fofa que ganha uma bolsa de estudos em uma escola particular de prestígio. Com isso, ela adota um diário para escrever sobre a nova fase da sua vida, as meninas malvadas com as quais tem que lidar, a paixonite pelo bonitão da escola, as novas amizades que faz e, até, sua relação com seus pais.

A novidade é o volume 3,5, que vem com uma parte em branco para que você possa começar o seu próprio diário. Demais, né? =D

Se você quer se divertir, vale a pena comprar!


15 de ago de 2012

Bienal com a Galera - Promoção!

Alô, galera! :D

E agora aquele momento que todos esperavam! PROMOÇÃO! 

Viiiiva!

Se você quer ganhar um mouse pad de Assassin's Creed: A Cruzada Secreta, te daremos 3 chances!


1ª chance - Pelo Twitter - Dê RT na frase "Nesta Bienal a @galerarecord me dará um dos 3 mouse pads de Assassin's Creed: A Cruzada Secreta http://kingo.to/1akb #BienalComAGalera"

Obs: É necessário seguir o Twitter da @galerarecord.

2ª chance - Pelo Facebook - Compartilhe este link. É importante que o compartilhamento seja público, caso contrário, não conseguiremos ver.

Obs: É necessário curtir a página da Galera.

3ª- chance - Comente neste post, respondendo: "Se você fosse o assassino que arma escolheria para lutar contra os templários? Por quê?". O autor da resposta mais criativa leva o mouse pad!

Obs: Seja um seguidor do nosso blog!

Tanto no Twitter quanto pelo Facebook, o vencedor será escolhido através de sorteio!


BOA SORTE! :D


Regulamento:
- Os vencedores serão revelados na sexta-feira, dia 17/08/2012, até às 17h.
- Válidos para moradores de todo o Brasil.
- As regras podem ser modificadas sem aviso prévio pela equipe Galera.

Galera Pop - O Vingador do Futuro

Você já viu este filme antes. Na verdade, nada mais irônico do que uma refilmagem de O Vingador do Futuro, um longa-metragem que tem como tema o implante de memórias falsas. Esta nova versão parece um implante feito para apagar o original. Não consegue, e tal e qual o cérebro do protagonista Douglas Quaid (antes Arnold Schwarzenegger, agora Colin Farrell), a mente custa a se desvencilhar do pequeno clássico de ficção científica dos anos 1990 para cair nesse engodo. Mas não caiamos na armadilha fácil de comparar versões; é hora de encarar O Vingador do Futuro como obra isolada. E por que não funciona. 

A trama é essencialmente a mesma: no futuro, simplório operário decide passar por um procedimento de alteração de memórias e descobre ser uma espécie de Jason Bourne, um superagente desmemoriado. Não há ida para Marte aqui, e sim para a tal Colônia (Austrália), um grande continente-favela que serve de dormitório para os trabalhadores oprimidos pela grande United Federation of Britain. O transporte é a grande sacada do filme, um tubo que passa pelo centro da Terra e une Inglaterra à Austrália, com direito à reversão de gravidade. É um triunfo visual, assim como outros detalhes no filme, como a nítida inspiração em Blade Runner para compor o universo, especialmente a Colônia; aqui, não se trata de uma cópia deslavada, uma vez que os dois filmes foram baseados em contos de Philip K. Dick. 
Em meio a essa disputa de classes, Douglas Quaid troca socos com sua esposa de mentira (Kate Beckinsale) e beijos com uma revolucionária (Jessica Biel) que conhece sua verdadeira identidade. Esta parte da trama, a intenção do governo da United Federation of Britain de erradicar à força as favelas da Colônia pega na ferida da recente reportagem, publicada no New York Times, que acusa o governo carioca de querer remover favelas para deixar o Rio, aham, “mais bonito” para a Copa e as Olimpíadas. Uma incômoda (e rara) reflexão em um filme como esse. 

Mas o problema de O Vingador do Futuro é deixar para trás os questionamentos da trama (livre arbítrio, fantasia/realidade, a opressão social) e descambar para um filme de ação que nem é um bom filme de ação: é tudo tão caricato e exagerado que vira um videogame sem nenhum envolvimento da plateia e sem perigo real e imediato para o protagonista. O exagero, como dito, dá o tom: Colin Farrell e Kate Beckinsale parecem se enfrentar a cada dez minutos de filme, sempre em um embate sem conclusão e consequências, o que esvazia o drama do antagonismo entre eles e dá sono. Quando os dois distribuem chutes e pontapé pelas sexta ou sétima vez com um cenário claramente digital desmoronando entre eles, a pessoa leva os olhos ao relógio e pergunta: dá para pular de fase? Ou, quem sabe, apagar a memória de ter visto esse filme?

O trailer e outras informações estão no site oficial.

_________________________________________________________________________________
 

André Gordirro, 39 anos, carioca, tricolor, escreve sobre cinema há 18 anos. Passou pelas redações da Revista MancheteVeja Rio, e foi colaborador da Revista SET por dez anos. Atualmente colabora com aRevista Preview e GQ Brasil. Leva a vida vendo filmes, viajando pelo mundo para entrevistar astros e diretores de cinema e, claro, traduzindo para a Galera Record. Nas horas vagas, consegue (tenta...) ler gibis daMarvel, jogar videogames e escrever o primeiro romance (que um dia sai!).

Bienal com a Galera - Marcador de quarta-feira

E nossa coleção chega ao fim :D
O marcador de hoje é o último dessa Bienal! 

Para baixar, é só clicar na imagem!

E então, galera, nos contem o que vocês acharam desses marcadores colecionáveis da Bienal?? Gostaram?
Queremos muuuuitos comentários, hein! :))

Chegou agora ou está faltando algum marcador na sua coleção?
Ache-os aqui!

14 de ago de 2012

Bienal com a Galera - 10+ da Bienal

Obaaaa! 10+ lá no site da Galera.

Tinha um tempinho que não fazíamos, né? Estavam com saudade??? :D
Nós estávamos!

Vote no seu preferido!

Bienal com a Galera - Marcador de terça-feira

Olá, pessoal! 

Aqui está o marcador de hoje! Esse já é o penúltimo. Essa coleção está ficando lindaaa, né? :D

Algumas pessoas estavam nos perguntando qual é o papel para imprimir os marcadores. Viemos responder! :)
Qualquer papel mais grossinho já está servindo. Sabe cartolina de trabalho escolar? Já serve!
Normalmente usamos o mesmo papel da capa do livro. Tentem e nos avise!

Beijo,
Equipe Galera. :)

Bienal com a Galera - Lançamentos Grupo Record

A semana já começou e o estande continua cheio!
Muita gente conferindo os lançamentos do Grupo Record para a Bienal.
Dá uma passadinha lá também! :D


Bienal com a Galera - Underworld

Vampiros, lobisomens e nephilins... Criaturas mágicas são o que não falta no estande da Record este ano.

Se você resistir aos imortais de Amada Imortal, aos caçadores de sombras de Instrumentos mortais, ao loup-garou de O último lobisomem e aos caninos alongados de Diários do vampiro, com certeza não vai resistir aos encantos das mais maliciosas criaturas do universo da fantasia. Não se deixe enganar.. fadas são belas, mas podem ser muito, muito perigosas. Mas dê uma olhada em Ilusões. Último da série Asas. Mas cuidado, vc pode ser enfeitiçado!


Bienal com a Galera - Apaixonados

Já encontrou sua alma gêmea?
Sério... A galera ajuda.. Com Apaixonados e Amada Imortal! Não deixem de conferir os primeiros capítulos.

Vejam que linda a pilha!!!!

Bienal com a Galera - Lúcio Cardoso

Se fosse vivo, Lúcio Cardoso estaria completando, nesta terça-feira, dia 14 de agosto, 100 anos!!! 

Considerado pela crítica especializada como o Dostoieviski mineiro, Lúcio Cardoso era um escritor atormentado, com uma obra intimista. Porta-voz do que existe de mais autêntico nos meandros da alma. Um autor capaz, até mesmo, de contratar um assassino de aluguel para persegui-lo e, assim, mergulhar de forma mais completa no inferno de um personagem. 

Um artista à procura de palavras densas e sufocantes, num meio literário acostumado à leveza e à simplicidade. Sua obra engloba seis romances, sete novelas, três volumes de poesias, dois diários, peças de teatro, roteiros de filmes, traduções e diversos artigos para jornais e revistas.

O autor é um dos homenageados do estande do Grupo Record nesta bienal!!!

13 de ago de 2012

Bienal com a Galera - 20+

Galeraaaa! Dá uma olhada nos 20+ do estande!
Tá... Tem muito livro da Galera Record, mas não acreditamos que Amada Imortal não está aqui!
Vocês tem de ler. Já olharam as resenhas:


O livro é bom demais!

Já leram o primeiro capítulo? :D
1- One Direction
2- Assassin's Creed: A Cruzada Secreta
3- Gossip Girl Psycho Killer
4- Assassin's Creed: Renascença
5- Boteco dos Deuses
6- As Mais
7- Amy, minha filha
8- Belo Desastre
9- As delícias da fofoca - Gossip Girl
10- Apaixonados
11- Anjo da escuridão
12- Assassin's Creed: Irmandade
13- Visão Mortal
14- A prisioneira - Círculo Secreto
15- Com louvor
16- Battlefield 3: O Russo
17- Encantadores de vidas
18- A corrida de Escorpião
19- Ilusões
20- Mordida

Bienal com a Galera - Galera Cabeça

Quem viu o Prosa&Verso, O Globo, deste sábado, pode conferir, em bela matéria, por que os cursos de Michael Sandel em Harvard são os mais populares. Quase mil alunos aglomeram-se no anfiteatro do campus da universidade para ouvir Sandel relacionar grandes problemas da filosofia a prosaicos assuntos do cotidiano. 

São temas instigantes: casamento entre pessoas do mesmo sexo, suicídio assistido, aborto, imigração, impostos, o lugar da religião na política, os limites morais dos mercados. Sandel dramatiza o desafio de meditar sobre esses conflitos e mostra como uma abordagem mais segura da filosofia pode nos ajudar a entender a política, a moralidade e também a rever nossas convicções.

Se você quiser saber um pouco mais sobre ele, nem precisa ir aos EUA. Passa no estande da Record.... Além de Justiça, está lá o novo O que o dinheiro não compra...




Bienal com a Galera - Bienal durante a semana

Ok, ok. Durante a semana é mais difícil, mas não deixe de visitar a Bienal Internacional do Livro de São Paulo.
Dá uma olhada no que te espera no estande...
Muitas promoções bacanas!
E livros... livros... livros!

Bienal com a Galera - Marcador de segunda-feira

Marcador de hoje! Clique na imagem e baixe o seu! =D
Está faltando algum na sua coleção? É só procurar aqui pelo blog.

Ainda não leu o primeiro capítulo de Maçãs Envenenadas?
Veja no nosso site e se encante por essa história.

Bienal com a Galera - Passeio com a Cecily

Quatro sortudos tiveram a chance de conhecer a Cecily bem de pertinho no passeio de limousine, seguido de jantar, preparado pela Galera Record! :D

Quer saber como foi? Vejam as fotos! 
A limousine. Luxo total!
Detalhes da limousine por dentro
Liiiinda!
Pessoal na limousine
Cecily e os fãs
Mais uma
E o jantar!
Agora eles sabem como é viver como em Upper East Side. Gostaram? :D